26 de fevereiro de 2017

Pausa para Chocolates: "Ninfas" de Sari Luhtanen



A pausa continua mas desta vez acho que me vou arrepender. Do pouco que li já tenho muitas linhas de coisas negativas.
Romance feminino intenso com uma nova abordagem, onde combina vários elementos; amor e mistério. Uma nova temática que se destaca.
Uma história de amor emocionante, onde as escolhas determinam a forma de viver a realidade.
Com uma linguagem envolvente, o livro oferece-nos vários tipos de elementos - paixão, mistério, luta pela sobrevivência, crise de identidade e duelos entre os grupos de ninfas e sátiros.

24 de fevereiro de 2017

Primeiras Impressões: "A minha vida em série" de Paula Pimenta






Para além dos livros, outro grande vício são as séries. Sou completamente viciada em séries e embora tenha estado uns tempos ausente deste mundo, o bichinho voltou em força há uns meses e tenho regressado a este mundo. 

Já vi dezenas de séries na minha vida, nas férias de verão do secundário era capaz de ver temporadas de 20 episódios em dia e meio, hoje já não tenho esse tempo mas vou vendo algumas.

Mas o que é que isto tem a ver com estes livros? 
Decidi que ia ler estes dois livros em Março e quando abro um deles, vejo que o início dos capítulos começa com uma frase de alguma série que depois se relaciona com o que acontece no capítulo e até pode ser um spoiler para o que vai acontecer! 





Achei mesmo engraçado este pormenor e já estou mesmo  ver que algumas das séries citadas vão para a lista de "a ver no momento!" 

Encontra as Diferenças: "The Witches of Santa Anna" e "Forbidden"



 Mais um EAD só para vocês.

23 de fevereiro de 2017

A Sair do Forno: "O Leitor do Comboio" de Jean-Paul DidierLaurent

Foto de Crónicas de uma Leitora.

Em Março o Clube do Autor publica o muito elogiado romance de Jean-Paul Didierlaurent O leitor do comboio, um romance de estreia cujos direitos de publicação já foram vendidos para mais de 30 países.
O leitor do comboio é um livro sobre o amor pelos livros, uma história sobre vidas comuns tocadas pela força do amor e da literatura.
Guylain, o protagonista do livro, é um homem aparentemente simples, uma criatura de hábitos: faz sempre as mesmas coisas, nos mesmos horários. O comboio das 6h27, as pessoas que partilham a mesma carruagem, as paisagens que marcam o caminho, a leitura em voz alta, a rotina de volta da máquina de abate de livros, as folhas (sempre duas, arrancadas dos livros condenados), o peixe no aquário no seu regresso a casa. Um homem apaixonado pelas pequenas coisas, uma rotina com algo de Amelie Poulain, e um certo charme nessa simplicidade.


Até que dois acontecimentos inesperados alteram completamente o sentido da sua vida.


Sai dia 9!  

Doce do Momento: "Spud" de John Van de Ruit



701937



Estou a participar num projecto do World Book Tour que consiste em ler livros de autores cuja nacionalidade seja for dos habituais britânicos/americanos.

Este mês o país é a África do Sul e portanto escolhi este livro que passa-se em 1990, dias após Nelson Mandela ter saído da prisão. Spud, de 13 anos, está prestes a ir morar num colégio interno e começa a questionar-se sobre a situação política e social do seu país.

Sei que há um filme mas nunca vi. Talvez veja depois de ler o livro. 

Primeiras Impressões: "A Guerra da Duquesa" de Courtney Milan



Sinceramente a capa cativou me mais que a sinopse. A sinopse só mostra personagens pouco misteriosos e na minha opinião só escapa o passado de Miss Minerva Lane.
Mesmo da capa só gosto mesmo do vestido, mas como não leio um romance histórico há muito tempo e surgiu esta oportunidade de empréstimo resolvi aproveitar.
Miss Minerva Lane é calada e discreta, talvez até banal. Mas nem sempre foi assim. Da última vez que esteve no centro das atenções, a sua reputação ficou irremediavelmente manchada. Daí o novo nome e a nova identidade, duas máscaras que terá de ostentar para sempre. E, quando, numa festa, se esconde atrás do sofá da biblioteca, quer tudo menos dar de caras com... um magnífico duque!
Mas lá está ele, escondido atrás das cortinas...
Robert Blaisdell, duque de Clermont, também sente necessidade de se esconder. Embora batalhe diariamente para corrigir os erros do seu abominável pai, as comparações com ele são inevitáveis... Pode não o mostrar, mas vive consumido pela frustração e a culpa. Não tem paciência para jogos de sedução. Mas partilhar um esconderijo com Minnie é inesperadamente excitante. Por baixo da aparência apagada, o olhar da jovem é indomável... e se há algo a que Robert não resiste é um bom enigma.
Juntos, vão enfrentar os seus medos, aprender a perdoar e ultrapassar as suas limitações. E perceber que, acima de tudo, precisam de amor nas suas vidas...

Pausa para Chocolates: "Enrolados" de Emma Chase



O primeiro foi tão bom como da primeira vez que o li, espero que este não desiluda!
O de Kate Morton continua em pausa visto que estes se lêem muito mais facilmente.
Ela é linda e ambiciosa. Ele é atraente e convencido. Juntos formam um par incrível. Mas algo inesperado vai deixá-los enrolados em mal-entendidos sem fim!
Katherine Brooks sempre foi metódica e cautelosa. Até ao dia em que conheceu Drew Evans, o seu atual namorado, um homem persistente e muito seguro de si.Juntos formam um casal ambicioso, dedicado às suas carreiras, mas que nunca perde uma oportunidade para desfrutar das delícias da vida a dois. Até que surge um contratempo que abala a relação, e o conto de fadas transforma-se numa crise conjugal.
Ela muda-se para casa da mãe, e ele faz tudo, mas mesmo tudo, para a esquecer… Poderá uma série de mal-entendidos pôr fim ao romance mais tórrido de sempre?
Enrolados é a tão esperada continuação de Envolvidos, que segue a história sexy e hilariante de um casal que vive enredado nos sobressaltos e nas peripécias do amor.

Origem: "On the Fence" de Kasie West



Não foi preciso mexer em nada! 

Resultado de imagem para on the fence kasie west epubElisabeth Ansley YOUNG COUPLE EMBRACING ON BRIDGE Couples

22 de fevereiro de 2017

Pausa para Chocolates: "Envolvidos" de Emma Chase



Terminado o anterior vamos lá reler este para ler o segundo volume.
Ele é rico, incrivelmente atraente e arrogante.
Ela é fantástica, lindíssima e ambiciosa. Irão chocar um com o outro ou acabar envolvidos? Drew Evans trabalha diariamente em negócios de milhões e seduz todas as mulheres de Nova Iorque com um único sorriso. Se a vida lhe corre tão bem, então porque é que está fechado em casa há sete dias, a sentir-se miserável e deprimido? Ele vai dizer a toda a gente que está com gripe, mas a verdade não é bem essa.
Quando Katherine Brooks é contratada para trabalhar com Drew no banco de investimento do pai, a sua vida de playboy, habituado a ter tudo o que quer, dá uma volta de 180º. A competição profissional a que ela o sujeita irrita-o, a atracção que sente por ela é perturbadora e a sua aparente inabilidade para conquistá-la é exasperante. Seja como for, Drew tem uma única regra inquebrável na sua vida: não se envolver com colegas de trabalho.
Mas será que Drew vai ser capaz de resistir a Kate? E como é que uma única mulher pode transformar o mais sedutor e bem-sucedido dos Don Juans num pobre homem desesperado?

Doce do Momento: "Evan - Negócios de Prazer" de Charlene Sands



A continuar o vício.
O que era mais forte, a sede de vingança ou o desejo que sentia por ela? O empresário hoteleiro e multimilionário Evan Tyler não se ia deter perante nada até conseguir vingar-se. Por isso, quando surgiu a oportunidade de seduzir Helena Royal, filha do seu principal concorrente, Evan não pensou duas vezes. Seduzindo-a, não só ia sacar-lhe todos os segredos familiares, como também ia desfrutar ao máximo de cada segundo com ela. Contudo, quando a aventura chegou ao fim, Evan viu-se obrigado a escolher entre a vingança e o prazer. Será que ia encontrar forma de conseguir ambas as coisas?

Primeiras Impressões: "Evan - Negócios de Prazer" de Charlene Sands



Este menino saiu no dia 15 e quando ia a passar tive que o comprar.
É um livro de bolso, muito magro e de letras muito gordas, portanto já espero algo do género de um conto. Comprei-o por 3,60€ mas na Harlequin online está em promoção.
A sinopse conta uma história que deve estar cheia de clichés mas de facto nunca li com a vingança.
O que era mais forte, a sede de vingança ou o desejo que sentia por ela? O empresário hoteleiro e multimilionário Evan Tyler não se ia deter perante nada até conseguir vingar-se. Por isso, quando surgiu a oportunidade de seduzir Helena Royal, filha do seu principal concorrente, Evan não pensou duas vezes. Seduzindo-a, não só ia sacar-lhe todos os segredos familiares, como também ia desfrutar ao máximo de cada segundo com ela. Contudo, quando a aventura chegou ao fim, Evan viu-se obrigado a escolher entre a vingança e o prazer. Será que ia encontrar forma de conseguir ambas as coisas?

21 de fevereiro de 2017

A Sair do Forno: "A Desaparecida" de Elizabeth Adler


Foto de Crónicas de uma Leitora.


Sai em Março!

Tudo começou numa festa. Terminou com um crime, uma mulher desaparecida... e uma promessa de vingança!
Ao entardecer, na belíssima paisagem do Mar Egeu, uma mulher de cabelos ruivos cai da amurada de um iate de luxo. Em terra, o pintor Marco Polo Mahoney vê a queda, percebe que a jovem está ferida e assiste, perplexo, à embarcação a afastar-se deliberadamente. Marco tenta imediatamente salvá-la mas não a consegue encontrar. É como se a bela ruiva nunca tivesse existido. Mas ele tem a certeza do que viu. E está disposto a tudo para resolver o mistério.
Angie Morse acabou de ser atingida na cabeça com uma garrafa de champanhe. Caiu no mar, ferida, e os seus companheiros parecem estar a abandoná-la. O iate onde ela seguia está a afastar-se, levando consigo os supostos amigos e o namorado. E, embora cada um deles tivesse algo contra si, Angie estava longe de imaginar que quisessem vê-la morta. Agora, enquanto as ondas a tentam submergir, invade-a um sentimento apenas: raiva.
É a raiva que lhe vai dar forças para sobreviver... e também para se vingar...


Sai dia 21!  

A (Re)Sair do Forno: "Um momento inesquecível" de Nicholas Sparks



Foto de Crónicas de uma Leitora.


Em abril, quando o vento sopra do mar e traz consigo o aroma dos lilases, a memória de Landon Carter desperta para os momentos agridoces que viveu em 1958. Foi nesse ano que conheceu a bela Jamie Sullivan. Ao contrário dele, que era o rapaz mais popular da escola, Jamie era recatada e tímida, preferindo viver no seu próprio mundo, longe das aventuras e dramatismos da adolescência.
O jovem e estouvado Landon nunca teria olhado duas vezes para a insípida jovem, não fosse o Destino juntá-los da forma mais inesperada. E aquela rapariga que parece tão banal tem tanto para lhe ensinar… Com Jamie, Landon vai conhecer os recantos mais profundos do coração humano, e embarcar numa viagem de alegria, amor e perda.
Foi nesse momento que Landon se tornou homem.
Esse será, para sempre, um momento inesquecível.
Inspirado pela vida e a coragem da irmã de Nicholas Sparks, Um Momento Inesquecível foi, até à data, o livro que o autor mais gostou de escrever. Foi também o único que o fez chorar enquanto o fazia.


Sai dia 21 de Março  

Encontra as Diferenças: "A Reliable Wife" e "Dark Road to Darjeeling"



A mesma imagem, um pouco diferentes, mas qual gostam mais?

Opinião Contemporânea: "Um Homem chamado Ove" de Fredrik Backman




Já há algum tempo que queria ler este livro mas foi só depois de saber que a sua adaptação cinematográfica sueca tinha sido nomeada para melhor filme estrangeiro, que realmente fiquei entusiasmada com o argumento original e passei o livro à frente de outros.

30140990À primeira vista podemos dizer que Ove é um homem rezingão, rabugento que só sabe dizer mal de tudo e de todos. Isto é tudo verdade mas Ove também é uma pessoa céptica, o que o torna hilariante e cómico! 

Podemos dizer que "Um homem chamado Ove" é como uma cebola.  Começamos muito bem mas há medida que vamos avançando em camadas, o livro torna-se mais difícil e se forem como eu, vão acabar por eventualmente chorar. 

Há livros em que a estória faz o livro e depois há livros em que a personagem faz a estória. Este é sem dúvida um desses casos. Até podíamos dizer que é um livro com uma só personagem mas tal não é verdade. Ao longo destas páginas vamos conhecendo outras personagens igualmente interessantes e até temos a presença de um gato durante todo o livro. Gostei bastante da multiculturalidade que foi apresentada no livro, muito bem adequada ao tipo de pessoa que o Ove era,embora ele nunca se mostrasse racista, apenas céptico aos costumes de outros países. 

É também engraçado como Ove nunca consegue concretizar o seu objectivo, é sempre interrompido por algo e apesar de se mostrar uma pessoa difícil, as pessoas não querem saber disso e sabem que no fundo ele sente-se apenas sozinho. Tal como Ove conquistou tudo e todos, também me conquistou a mim. No fim é impossível não sentir ternura por esta personagem.

Ainda não tive oportunidade de ver o filme mas certamente que o farei em breve! Espero que a Editorial Presença publique mais livros deste autor! São sem dúvida bem-vindos! 


À primeira vista, Ove é o homem mais rabugento do mundo. Sempre foi assim, mas piorou desde a morte da mulher, que ele adorava. Agora que foi despedido, Ove decide suicidar-se. Mal sabe ele as peripécias em que se vai meter. Um jovem casal recém-chegado destrói-lhe a caixa de correio, o seu amigo mais antigo está prestes a ser internado a contragosto num lar, e um gato vadio dá-se a conhecer. 
Ove vê-se obrigado a adiar o fim para ajudar a resolver, muito contrariado, uma série de pequenas e grandes crises. Este livro simultaneamente hilariante e encantador fala-nos de amizades inesperadas e do impacto profundo que podemos ter na vida dos outros. 


 

20 de fevereiro de 2017

Origem: "A Coroa do Inverno" de Elizabeth Chadwick




Um grande trabalho de photoshop por parte da Topseller. 

Elisabeth Ansley MEDIEVAL WOMAN STANDING ON BRIDGE WomenResultado de imagem para a coroa de inverno - elizabeth

Primeiras Impressões: "My Lady Jane" de Cynthia Hand, Brodi Ashton e Jodi Meadows





Outra aquisição deste mês 😍 


Escrito por três autoras das quais só li uma delas (Cynthia Hand), este livro tem andado a ser muito bem falado lá fora porque baseia-se na história real da Jane Grey, que foi rainha de Inglaterra durante 9 dias antes de ser decapitada.

Pelo que percebi o livro segue a história verídica da Jane até uma parte em que começa a parte de ficção.

Confesso que nunca tinha ouvido falar desta rainha mas também é normal, visto que só foi rainha durante 9 dias! Como dizem que é bastante divertido e cómico, acabei por comprar uma cópia para mim! 



Mais um livro com as páginas desniveladas, um detalhe que gosto muito!

Duas das três autoras já estão publicadas cá: A Cytnhia Hand tem dois livros publicados pela SDE: "Celestial" e "Anjo Sombrio e um pela Topseller, "O último Adeus". A Jodi Meadows é autora de "Incarnate" que eu tenho para ler mas não tenho muita curiosidade. 


Já conheciam este livro? 



Primeiras Impressões: "Un verdadeiro Sedutor" de RaeAnne Thayne



Apesar de não gostar do penteado da moça, adorei esta capa. O erro no título incomoda-me um pouco e este acaba por não ter nada haver com a história.
De resto, cabe no bolso e foi lido num instante. Mas faz parte de uma série por isso fiquei curiosa com o resto.
Ele tinha uma reputação perigosa… E ela tinha de proteger a sua! Seth Dalton era um conhecido sedutor. No entanto Jenny Boyer via a ternura que havia nos seus olhos quando olhava para os seus filhos… e para ela. Não conseguia acreditar que era tudo um jogo. A mãe divorciada acabava de chegar à vila para ocupar o cargo de directora da escola e sabia que devia fazer-se respeitar. Portanto a última coisa que devia fazer era cair nos braços do maior sedutor de Pine Gulch. Todavia, cada vez que Seth se aproximava dela, Jenny sentia que estava prestes a deixar-se levar como tinham feito muitas outras antes dela. Só esperava que a sua história tivesse um final diferente… um final feliz.

Pausa para Chocolates: "Momentos Mágicos" de Nora Roberts



Ando numa fase de livros de bolso. Vamos lá matar saudades da Nora Roberts.
Para Ryan Swan, a quem a vida tinha ensinado que só podia confiar em si mesma, Pierce Atkins era o último homem a quem devia confiar o coração. Contudo, perante a presença cativante de Pierce, todas as suas defesas pareciam desvanecer-se como por artes mágicas. A Pierce Atkins, obcecado com fugir do seu passado, não lhe custava escapar do interior de uma caixa forte diante de milhões de espectadores. Mas, estaria disposto a continuar a fugir toda a vida? Ou devia escutar o seu coração e assinar o contrato de casamento que Ryan lhe oferecia?

17 de fevereiro de 2017

TOP REVIEW AWARDS 2016: Votações abertas!





Já podem votar no Top Review Awards 2016! 

Relembramos que estamos nomeadas na categoria melhor literatura mas há outras categorias para votar, não sendo obrigatório votar em todas! 

Há vales fnac de 20€ para quem votar portanto já sabem o que fazer: ir à categoria de literatura e clicar em Algodão Doce para o Cérebro! 😋😜😉 😇

Depois é só preencherem o formulário correctamente, atenção que têm de ter perfil no facebook.

Desejamos boa sorte a todos!

As votações acabam dia 28 de Fevereiro!



Agradecemos desde já quem votar em nós! 😘 

A Sair do Forno: "Gregor - A Quarta Profecia" de Suzanne Collins



Foto de Odete Silva.


Agora que conseguiu resolver com sucesso três profecias e salvar a Subterra, Gregor merece descansar. No entanto, torna-se por demais evidente que os ratos continuam a expulsar os ratinhos, aos quais os Subterrestres chamam mordiscantes, de todas as terras que estes ocupam. Fazem-no há séculos.
Mas agora, pior ainda, os mordiscantes estão a desaparecer e a rainha Luxa quer resolver o mistério. Gregor e Luxa aliam-se numa missão arriscada. O que descobrem é ainda mais sinistro do que seria de esperar e aponta para uma nova profecia… Quando terá Gregor o merecido descanso?

Sai dia 2 de Março!

 

A Sair do Forno: "O Outro Lado da Fotografia" de Bethany Chase



Wook.pt - O Outro Lado da Fotografia


O outro lado da fotografia é uma celebração agridoce da capacidade humana para transformar problemas inesperados numa força extraordinária.
Um romance emocionante, onde a personagem principal descobre que o seu marido tem uma relação homossexual - uma revelação que a obriga a questionar toda a sua história juntos e a refazer a vida desde o início.


Interessante, no mínimo diferente!
Sai a 8 de Março!  

A Sair do Forno: "Entre as Linhas" de Jodi Picoult e Samantha Van Leer


Foto de Crónicas de uma Leitora.


Delilah não consegue parar de ler o seu conto de fadas preferido. As outras raparigas da sua idade já começaram a namorar e são populares, mas ela prefere o conforto de um final feliz e de saber que não vai ter surpresas. Até que lhe acontece a maior surpresa de todas… Oliver é o príncipe encantado do conto de fadas de que Delilah tanto gosta. Um dia, ele olha para ela da sua página e começa a falar. É um milagre que a princípio parece perfeito… mas depois fica tudo virado do avesso.
Agora Delilah vai ter de decidir: vai ajudar o príncipe Oliver a sair das páginas do livro? Ou será a sua oportunidade para mergulhar nas páginas de um final feliz?


Sai dia 17 de Março!  

16 de fevereiro de 2017

Encontra as Diferenças: "Summer of Love" e "Flirting in Italian"



Para a esquerda ou para a direita?

12681111

A Entrar no Forno: "Reasonable Doubt" de Whitney G. Williams





O romance erótico continua em voga cá em Portugal e a prova é que vem aí mais uma trilogia!

Desta vez da autora Whitney G. Williams que traz no seu primeiro livro "Reasonable Doubt", Andrew Hamilton, um jovem advogado que tem uma regra muito simples: Encontros de apenas uma noite, sem repetições. Claro que tudo vai mudar até conhecer Alyssa, candidata a uma vaga de estágio na firma de advocacia de Andrew..

Os três livros da série são bem curtos, à volta de 100 páginas, portanto a leitura promete ser rápida. Pela Topseller que vão lançar tudo num só volume. 

Quem vai querer? 

Opinião Fantástica: "Winter" de Marissa Meyer



Com Winter, voltei aos meus tempos de ler livros digitais. Não sei se foi isso ou a história de Meyer que me fez ler 800 páginas em pouco tempo, quando nos meses anteriores li um número próximo de zero! Acho que foram os dois ou uma maior percentagem mais para o lado de Winter.
Infelizmente Winter demorou imenso tempo a sair, e continua a demorar na nossa língua, por isso decidi ler em brasileiro. Penso que não perdi tanto como se tivesse lido em inglês.
À semelhança dos anteriores, este livro, apesar de gordinho, leu-se tão fácil que foi como ver um filme, o que chega para explicar o quanto eu gostei de o ler. Os outros, já lidos há algum tempo, foram sendo relembrados aos poucos, porque a minha memória já me falha. Mas há medida que as personagens foram aparecendo também os seus volumes correspondentes o fizeram.
Como sabem, este volume foi o término de tudo, mas é também a introdução da história de Winter. Esta personagem é uma personagem bastante complexa, a meu ver, pelo que me foi difícil compreendê-la e perceber se gostava dela ou não. O que já não aconteceu com o seu segurança preferido.
Marissa Meyer não poupa as suas criações e fá-las sofrer imenso, isso posso adiantar, e assim acaba por nos fazer sofrer a nós, leitores, que nos acabámos por apaixonar por todos eles. O que vale é que todas as páginas são lidas tão rápido e sofregamente que essas dores e provações passam também rápido e quando vamos a ver já estamos na última página, no nosso final.
Um ponto que notei foi que lendo os livros tão separadamente, o romance entre Cinder e o seu príncipe acabou por perder alguma daquela luz que nos faz segui-la como as moscas e por isso quando o fim chegou acho que não fiquei tão satisfeita como queria ter ficado. Mas acho que isso acontece quando um livro é bom, nunca estamos saciadas.
Os cenários continuam fantásticos, quase reais, e a autora consegue-nos de facto transportar para este mundo que criou.
A má da fita continua má, apesar de podermos conhecer uma ponta de coração gelado que afinal está mais descongelado, mas que mesmo assim não nos convence ou conquista.
As madrastas e meio-irmã de Cinder também reaparecem e têm o seu papel, algo significativo, na história, o que foi uma boa surpresa.
Em relação à outra ciborgue, a minha mente romântica ficou com a ideia que ela também iria ter direito ao seu par, mas fiquei sem perceber se de facto aquele segurança sentia alguma coisa por ela ou não. Temos que ter noção que ela não é meio humana como Cinder, mas de qualquer maneira ela foi uma presença tão forte e real como todos os outros.
Espero sinceramente que a autora nos presenteie pequenos contos do que aconteceu posteriormente, nem que seja para matar algumas saudades destes personagens tão cativantes.
Resumindo, a espera foi grande mas a recompensa também. Recomendo mil vezes.

Bestseller do The New York Times, a série Crônicas Lunares conquistou os leitores com sua releitura high-tech de contos de fadas tradicionais. Depois de Cinder, Scarlet e Cress, inspirados, respectivamente, nas histórias de Cinderela, Chapeuzinho Vermelho e Rapunzel, Marissa Meyer entrega a eles o último capítulo da série, em que reconta a história de Branca de Neve com tintas distópicas. Na trama, a princesa “Winter” vive subjugada por sua madrasta, Levana, que inveja sua beleza e não aprova os sentimentos da jovem pelo amigo de infância e belo guarda real Jacin. Mas “Winter” não é tão frágil quanto parece, e, junto com a ciborgue Cinder e seus aliados, a jovem princesa é capaz de ini¬ciar uma revolução e vencer uma guerra que já está em andamento há muito tempo. Será que Cinder, Scarlet, Cress e “Winter” podem derrotar Levana e encontrar seus finais felizes?