11 de novembro de 2017

Opinião Young-Adult: ''Geek Girl - De Saltos Altos'' de Holly Smale



Passado quase um ano, a Porto Editora lança mais um livro desta série que eu gosto bastante mas infelizmente vejo pouquíssimas pessoas a lerem e a comentarem. Só espero que isto não signifique mais uma série a meio em Portugal. Ainda falta sair mais 3 volumes.
Apesar de ter lido o 2º livro há quase um ano (li em Dezembro de 2016) ainda me lembrava de bastantes coisas do livro anterior, especialmente o final. Mas se não lembrarem-se, não faz mal porque a autora meio que recapitula o que aconteceu, o que é bom para quem lê a série tão espaçadamente.

Temos aqui a nossa querida Harriet de volta ao mundo normal dos jovens adolescentes. Despedida da designer Yuka Ito, desde que regressou do Japão que não recebe nenhum trabalho como modelo e nem a sua agência parece lembrar-se dela. 
Convicta que vai passar o próximo verão com a sua melhor amiga e às mensagens com o seu namorado, Harriet não tem muito com que se preocupar, até que a sua família diz-lhe que vão viver para Nova York! 
A mudança do cenário de Inglaterra para o outro lado do Atlântico foi muito boa, apesar de ser uma mudança curta. O engraçado é que a autora explora vários países ao longo da série, o segundo livro foi passado em grande parte do Japão e agora temos o lado americano. 
Claro que aventuras não vão faltar à nossa geek preferida. Mal chega a solo americano, percebe que não consegue integrar-se tão facilmente como pensava e para piorar, parece que o seu namorado e a sua melhor amiga estão demasiado ocupados com as suas vidas e já a esqueceram. Além disso, Harriet não vai bem para Nova York....portanto o seu sonho de morar num prédio com porteiro e no coração da cidade como nos filmes, vai por água abaixo! 
Nem tudo vai ser mau, pois temos o regresso do Wilbur que arranja um novo trabalho para a nossa modelo preferida e mesmo contra a vontade dos pais, Harriet não resiste em entrar novamente no mundo louco da moda. Claro que isto irá trazer muitos problemas e muito drama mas também muita aprendizagem para a nossa nerd. 

Este terceiro volume continua o mesmo nível dos anteriores. Estes livros lêem-se que é uma maravilha e apesar de serem para uma faixa etária bem abaixo da minha idade, consigo divertir-me com eles e principalmente tirar partido das lições que está série traz. Embora pareça que todos os livros sejam um poucos parecidos - e é verdade - aqui o que importa é a evolução da Harriet, mesmo que pareça que no início de cada livro volte à estaca zero em termos de auto-confiança. Temos um exemplo aqui, com a nova tutora da Harriet, que duvida que ela seja assim tão inteligente, mesmo que a própria Harriet saiba que o é, duvida sempre das suas capacidades devido aos comentários alheios. 
Em termos de romance, Harriet e Nick lá terão os seus problemas mas as cenas em que estão bem são fofinhas. 

Mais um livro desta série aprovado, são livros ideais para adolescentes a partir dos 13 anos. Apesar de ter a opção de continuar com a série em inglês, tenho gostado do trabalho da tradução em português, portanto vou esperar pelo 4º livro na minha língua. 

Harriet Manners sabe que:
• Nova Iorque é a cidade mais populosa dos Estados Unidos.
• 27% dos americanos acreditam que nunca aterrámos na lua.
Mas não faz ideia de como a família irá lidar com a vida nos arrabaldes
da cidade. Ou como se "tornar uma marca", como dizem as modelos que
vai conhecendo. E, mais importante ainda, não sabe como gerir os gestos
românticos que lhe chegam de outra pessoa que não o namorado...
Será que é desta que a nossa geek girl abusa da sorte?

Opiniões dos outros livros da série:

2 comentários:

  1. Olá! Confesso que é uma série que sinto vontade de ler, mas vou adiando a leitura rs. Parece ser leve e divertida <3

    Beijos
    www.saidaminhalente.com

    ResponderEliminar

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!