6 de agosto de 2017

Opinião Histórica: ''A Promessa'' de Lesley Pearse





Quase cinco anos depois de ter sido arrebatada pela primeira parte da vida de Belle, peguei neste segundo volume esperando o mesmo impacto. Já me tinha esquecido o quão a autora gosta de fazer sofrer as suas personagens e claro o leitor. Este livro não é fácil de ler, para além de ser um calhamaço é um livro com muito drama e tragédias, especialmente mortes desnecessárias mas como é escrito pela Lesley,temos a certeza que também temos uma grande história de vida e umas boas lições de coragem e perseverança.
18590127
O livro começa exactamente onde o 1ºacaba. Apesar de ser uma trilogia, não diria que é obrigatório ler o primeiro, até porque a autora vai fazendo diversos resumos do que aconteceu no primeiro livro e o leitor consegue perceber o caminho que Belle teve de percorrer para chegar onde está neste momento. 

Belle encontra-se numa situação estável e equilibrada. Feliz com a sua chapelaria, vive com o marido Jimmy que continua atencioso e apaixonado por ela, e com Mog e Garth que continuam a ser dois grandes apoios e confidentes.  
É então que a 1º Guerra Mundial estala e Jimmy, sentindo-se na obrigação de representar o seu país, parte para a Grande Guerra, deixando uma Belle abalada. Determinada a que a ida de Jimmy para a Guerra não a afectasse mais e em consequência de uma nova amizade com Miranda, Belle decide também ajudar, inscrevendo-se como voluntária  na Cruz Vermelha, primeiro como assistente hospitalar e depois como condutora de ambulâncias. 
Diria que é aqui que começa a história do livro e mais uma vez a jornada de Belle rumo à felicidade. Embora pelo caminho irá travar amizades com pessoas importantes como Vera, as pessoas que perderá são em maior número. 
Sem contar grandes spoilers do livro, posso dizer que gostei bastante desta continuação, embora alguns dos acontecimentos tornem um pouco a história arrastada. Mesmo assim como este livro é escrito com a mestria de Lesley Pearse, o livro até pode ter mais de 500 páginas que é impossível não o devorar em três tempos, que foi o que me aconteceu.
Gostei mais uma vez como a autora destaca e dá importância ao papel da mulher nesta época. Aqui não temos só Belle como grande figura de coragem e determinação mas também temos Miranda que tem a sua própria história aqui e não aparece como simplesmente 'a amiga de Belle'. Mais para o fim, aparece Vera que julgo terá mais destaque no 3º livro.

Há também uma personagem que regressa e embora a sinopse já quase revele quem seja, gostei deste reaparecimento e do rumo que a história irá levar no terceiro livro, que pretendo ler este ano e que de certeza terá muito sofrimento, pois não acredito que um livro de 600 páginas não trará dor e angústia ao meu pobre coração.

Mais um grande livro de Lesley Pearse, não consigo dar 5 estrelas, porque esta autora sofre do síndrome em que todas as protagonistas são muito parecidas  em pensamento e atitudes. Mesmo assim para quem gosta deste género e gosta de histórias longas com protagonistas fortes, é um livro que sem dúvida aconselho.
Lá para final do ano pego no 3º e depois conto-vos o que achei.

No início de julho de 1914, a Europa vive os seus últimos dias de inocência.
A jovem Belle realizou os seus sonhos. A uma infância pouco comum seguiram-se anos dramáticos, ao longo dos quais quase cedeu ao desespero. Mas a sua coragem e determinação prevaleceram. A sua vida é agora feliz. Está casada com Jimmy, o seu primeiro amor, e conseguiu abrir a elegante loja de chapéus que sempre desejou. Mas a História do mundo está prestes a mudar. A I Guerra Mundial vai arrastar consigo milhões de pessoas. Belle e Jimmy abdicam de tudo para defenderem o seu país. São ambos destacados para França, onde Jimmy vai arriscar a vida nas trincheiras e Belle conduz uma ambulância da Cruz Vermelha. É um tempo de devastação sem precedentes em que sobreviver a cada dia representa uma vitória. E é quando o passado menos ocupa os seus pensamentos que Belle será obrigada a confrontá-lo pela derradeira vez.
Bastará um momento. Um homem. Um olhar.
Entre a luta pela sobrevivência, uma paixão proibida e a lealdade devida a um grande amor, Belle está perante uma escolha impossível. Mas ao viver na pele um dos mais sangrentos conflitos da História, terá ela poder sobre o seu destino?
A Promessa é a continuação da história de Belle, a inspiradora heroína de Sonhos Proibidos.

3 comentários:

  1. Eu adorei a trilogia, mas este foi o que menos gostei por acaso.
    O terceiro é mesmo muito bom, embora o primeiro continua a ser o meu preferido e espero um dia ter a oportunidade de rever. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estou muito curiosa com o terceiro, não vai demorar muito para o ler ;)

      Eliminar
  2. Já li este e gostei bastante. Os livros desta autora são bons, mas também não acho cinco estrelas! Uma coisa a favor: a capa é muito gira.

    ResponderEliminar

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!

Hoje fazemos 5 aninhos!

Bem vindas e bem vindos a mais um aniversário aqui do nosso cantinho, mais doce da blogosfera. Pois é, hoje comemoramos mais um ano...