7 de maio de 2017

Opinião Histórica: "Um Conde Apaixonante" de Sarah MacLean





Depois dã boa experiência com os outros 3 livros da autora, não resisti e tive de continuar com esta série, lendo o 2º volume "Um Conde Apaixonante".

27387717Tinham-me dito que se tinha gostado do primeiro, ia gostar mais deste. Não aconteceu, pois gostei dos dois de igual forma embora em termos de personagens estas talvez me tenham cativado mais.

Pippa é uma rapariga sábia nas matérias científicas mas pouco dada a relacionamentos e quando vê-se prometida a um noivo com o qual não tem nada em comum, elabora um plano que parece infalível: desvendar todos os segredos do universo masculino com a ajuda de Cross, e não, Cross não é o seu futuro marido mas sim um dos sócios do clube "O Anjo", um clube que nos foi apresentado no primeiro livro.

Cross tenta rejeitar as propostas de Pippa a todo o custo pois ele próprio luta contra algo que aconteceu no passado e marcou-o para sempre, embora no fundo até quisesse mostrar-lhe todos os segredos das relações humanas!

Fiquei mais uma vez encantada com a escrita desta autora. Depois de 4 livros lidos, acho que já não há adjectivos suficientes para falar da escrita da autora, simplesmente envolvente.

Mais uma vez temos um livro encantador, não me arrebatou ao ponto de dar 5 estrelas mas deu-me gosto em lê-lo e embora não seja o melhor livro do mundo, nem com grande mensagens ou profundidade, estava sempre ansiosa para voltar à minha leitura e um livro que nos dá gosto em ler também deve ser considerado.

Algo que ajudou muito a adorar este livro foi as personalidades tanto de Pippa como de Cross. Pippa era simplesmente hilariante com os seus eufemismos e metáforas, para além da sua curiosidade mórbida com alguns aspectos da anatomia masculina. Cross surpreendeu-me por ser o típico libertino mas não se deixar levar pelos pedidos e insistências de Pippa, ele bem tentou rejeitá-la mas chegou a uma altura que não dava para mais.

O final foi muito bom, toda aquela parte do jogo...muito bem pensado! 
Fiquei só um pouco desiludida porque pensava que também teríamos uma prévia do próximo volume neste livrinho, o que tal não aconteceu. Ainda assim, o desejo de continuar a ler esta série é muito e embora este mês já não o consiga enquadrar nas minhas leituras, em Junho voltarei a estes canalhas! 

Lady Philippa Marbury, ou Pippa, é… estranha. É jovem, bela e filha de um marquês respeitado da sociedade, mas interessa-se por livros em vez de rapazes, por ciência em vez de passeios, e por laboratórios em vez de amor. O seu plano é casar-se em breve com o seu noivo, um homem simples, e viver o resto dos dias em sossego com os seus cães e as suas experiências científicas. Mas antes do casamento, Pippa tem duas semanas para experimentar tudo o resto. Quinze dias para fazer pesquisa sobre as partes excitantes da vida. Não é muito tempo e, para o fazer, precisa de um guia que esteja familiarizado com os recantos mais obscuros de Londres.
Ela precisa de Cross: o sócio da casa de jogo mais exclusiva da cidade, e que tem fama de ser o maior conhecedor do mundo do vício e dos prazeres. Mas a fama muitas vezes esconde segredos negros, e quando a nada convencional Pippa lhe pede que lhe arruíne a reputação, isso vai ameaçar tudo o que ele sempre se esforçou por proteger. 

 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!