15 de março de 2017

Ponto de Situação: "Up in Flames" de Abbi Glines



Ainda sem título em português, este é o último dos livros da saga Rosemary Beach que saiu. Já há algum tempo que ele estava no Kobo, mas por alguma razão que me é desconhecida ainda não lhe tinha pegado. Mas depois de ler Emma Chase decidi que tinha que pegar novamente no trabalho de Abbi Glines visto que os livros de uma só me lembravam os da outra.
Up in Flames traz-nos para mais perto de Nan e Major, mas nos primeiros capítulos, muito curtos para o meu gosto, a autora baralhou-me bastante. Nan interessa-se por Ganner, ou Cope, como lhe quiserem chamar e tudo o que se passa entre eles é deveras intenso e nem tudo ao meu gosto.
Nan parece-me muito frágil para o que conhecemos dela, e ao pé de Cope então é uma pessoa completamente diferente. Entrega-se demasiado e tudo indica que afinal ela não tem interesse nenhum em Major, nem este por ela. Mas quando ela o rejeita de repente parece que o mundo acabou. Hum!! Não me convence. Ao contrário dos outros livros, a atracção e o amor entre o casal, estejam juntos ao não, era tão óbvio que foi isso mesmo que me conquistou ao longo da saga. Não haviam dúvidas que eles estavam destinados a estar juntos. Mas aqui, até agora, tenho a sensação que são tudo relações fúteis e fugazes, e que o amor está muito longe de Vegas (onde eles andam agora).
Major parece um coelho e isto para mim é sinal de ausência de sentimentos para com Nan. Tomemos o exemplo de Rush ou outros: mal começaram a sentir algo mais forte deixaram de estar com outras, porque até a vontade se lhes evaporou. Mas aqui Major continua com outras mesmo quando supostamente percebeu ali algum sentimento por ela.
Entretanto cheguei a meio do livro e já percebi como vai acabar! Aquela agressão toda não me parece muito certa, mas se a Nan gosta, boa sorte para ela!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!