11 de março de 2017

Compilações: "A minha vida fora de série - Temporada 1 e 2" de Paula Pimenta




Estes são o 6º e 7º livro que leio desta autora. Para quem não sabe, é um spin off da outra série dela, já lançada cá: A minha vida é um filme.

A Minha Vida Fora de Série - 1ª temporada (A Minha Vida Fora de Série, #1)Já sabia que no 1º livro a personagem era um pouco infantil, visto a só ter 13 anos mas nunca pensei que fosse tanto! Ou melhor, o problema que tive com estes livros não foi o facto da Priscila se infantil nem imatura mas sim de falar só num coisa:em rapazes. 

Sinceramente ela fez-me lembrar as minhas clientes brasileiras que pensam que têm o rei na barriga e que não suporto. O 1º livro é recheado de clichés. Ela muda-se de São Paulo para outra cidade e apaixona-se por um rapaz mais velho. Para conquistá-lo decide pedir conselhos de sedução à mãe, que mesmo que a filha tenha 13 anos, encoraja-a. Achei isto um bocado estranho mas talvez seja eu que tenha outro tipo de educação. Como aquilo não dá nada ela depressa esquece o rapaz e interessa-se por outro que é muito parecido com ele...sim são capazes de já ter adivinhado o grau de parentesco entre eles.

O resto do livro é um drama enorme em que a Priscila se mete, por não querer explicar as coisas e preferir fazer tudo da maneira mais complicada! Não há paciência.

O Rodrigo é o típico rapaz perfeito mas que me pareceu ser mais maduro que a Priscila...ainda dizem que as raparigas crescem mais depressa! 😜
A Minha Vida Fora de Série - 2.ª Temporada (A Minha Vida Fora de Série, #2)Ao contrário de no primeiro livro, no segundo já temos a visão dele, e já consegui ver mais da sua personalidade e das suas inseguranças. Aliás, o segundo livro não é assim tão mau, a Priscila já está um pouco mais crescida e por exemplo gostei da vertente da luta no direito dos animais, iniciada já no primeiro livro. O problema é que o livro foca-se muito na relação de altos e baixos da Priscila com o Rodrigo e gera-se muitos conflitos desnecessários se as personagens apenas falassem. Esse foi outro dos meus problemas com o segundo livro, pois só se resolve 50% de várias situações, deixando algumas coisas em aberto, que presumo que fiquem para os próximos livros, mas eu não vou continuar com esta série.

Os livros misturam vários formatos como já é habitual da autora e lê-se bem (eu li os 2 livros de 400 páginas) em 5 dias mas a verdade é que não precisavam de ser tão longos. 

Os livros não têm idade e eu gosto de ler todo o tipo de livros mas aconselho estes, mesmo a raparigas da faixa etária dos 12-15 anos. 



Sem comentários:

Enviar um comentário

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!

Hoje fazemos 5 aninhos!

Bem vindas e bem vindos a mais um aniversário aqui do nosso cantinho, mais doce da blogosfera. Pois é, hoje comemoramos mais um ano...