31 de março de 2015

A Sair do Forno: "Tempo de partir" de Jodi Picoult



Jodi Picoult está de volta a terras portuguesas!

Autora de mais de uma dezena de livros editados em Portugal, depois de uma paragem de dois anos sem sair nada de Picoult em português, a nova editora da autora - a Editorial Presença - prepara-se para (re)lançar este nome de peso do público feminino! O livro escolhido para este relançamento foi um dos livros mais recentes da autora - intitulado Leaving Time - e que em português terá o título de "Tempo de partir". 

Durante mais de uma década, Jenna Metcalf não deixa de pensar na sua mãe, Alice, que desapareceu em misteriosas circunstâncias na sequência de um trágico acidente. A criança que era então não conservou lembranças dos acontecimentos, mas Jenna recusa-se a acreditar que a mãe a tivesse abandonado e relê constantemente os diários que ela escrevia com as observações da sua pesquisa sobre elefantes, tentando encontrar uma pista oculta.
Desesperada por obter respostas, Jenna contrata dois improváveis ajudantes, uma médium famosa por encontrar pessoas desaparecidas e um detetive que já tinha estado envolvido na investigação do desaparecimento de Alice, e parte determinada a descobrir a verdade.

Sai dia 14 de Abril! 


29 de março de 2015

Origem: "Segredos de uma condessa respeitável"




A origem de hoje pertence ao mais recente romance histórico da Planeta! A capa ficou com um tom mais dourado mas a origem também é bonita e sensual não acham?



The woman with long hair in silk



27 de março de 2015

A Sair do Forno: "Provocações" de Shayla Black



Depois de uma paragem de um ano, a SDE volta a apostar em Shayla Black, lançando assim o terceiro livro da autora em Portugal. 
Alyssa Devereaux é dançarina de strip, gerente do clube onde dança e dona de um recém-inaugurado restaurante sofisticado. A jovem desafia as aparências, provando ser muito mais do que aquilo que mostra com o corpo. Independente e decidida a não se prender a ninguém, Alyssa vê-se obrigada a questionar tudo depois de uma noite de loucura tórrida com Luc.
A fim de honrar um compromisso, Luc é o chef convidado para a abertura do restaurante de Alyssa. Simplesmente olhar para ela inflama Luc de desejo. Como vai aguentar uma semana sem lhe tocar? O desejo desesperante de Luc explode quando percebe que não é o único que se rende à sensualidade da jovem - e entre os homens, há um que se aproxima demasiado. Fará ele parte dos segredos de Alyssa, tão misteriosos como as fantasias que ela lhe provoca?

Provocante a 6 de Maio!

Outros livros da autora
Jogos PerversosSubmissa

Nas Prateleiras: "Happily Ever After" de Kiera Cass


24465724

Foi revelada a capa de "Happily Ever After" a edição em capa dura que reunirá todos os contos já lançados e mais algum material exclusivo da série "A seleção"
Em Portugal a série é editada pela Marcador e ainda só foi lançado o primeiro livro. Lá fora, já foram editados 3 livros e o 4º sai este ano. O 2º livro em português está previsto para o 1º semestre de 2015.

"Happily Ever After" sai dia 6 de Outubro de 2015 e para além de novo material escrito, será uma edição ilustrada.


Primeiras Impressões: "Tudo o que ficou para trás" de Nora Roberts



Este não é o seguimento do "Sem Medo do Destino", o que é uma pena, pois o tipo de capa sugere isso.

Voltamos ao suspense, agora com uma princesa (adoro!). Esta sinopse promete uma mistura de mistério e romance que só me faz lembrar do livro da autora "A Princesa e o Plebeu". Espero que este ainda seja melhor.
Aos vinte e cinco anos, a Princesa Adrianne tem uma vida que a maioria das pessoas invejaria. Mas a sua postura de menina linda, elegante, rica e mimada é um artifício, um esforço cuidadosamente calculado para esconder uma perigosa verdade e um trágico passado.

Há uma década que Adrianne vive com desejo de vingança. Durante a infância apenas pôde assistir à crueldade escondida atrás da fachada do casamento de conto de fadas dos pais. Agora tem o plano perfeito para fazer o seu pai pagar a crueldade que cometeu: irá apoderar-se de O Sol e A Lua, um lendário colar de valor inestimável.

Contudo, conhece um homem que parece adivinhar todos os seus segredos. Inteligente, encantador e enigmático, Philip Chamberlain tem os seus próprios motivos para se aproximar de Adrianne. E só demasiado tarde ela se aperceberá do perigo… quando se vê obrigada a enfrentar dois homens extraordinários: um com o conhecimento para lhe roubar a liberdade, o outro com o poder para lhe roubar a vida.

26 de março de 2015

Primeiras Impressões: "Quatro" de Veronica Roth




Porque é que quando mostro a parte de trás da minha t-shirt ninguém percebe?! Buhhhh.

Eu adoro a minha nova camisola e ainda mais o meu livro. Ainda não o comecei a ler porque ando a ler a história da outra da trança grande que já não a tem, mas espero que quando o ler goste tanto como da t-shirt, ou mais!

Linda a capa, mas não tão linda como o meu Quatro *.*

A Sair do Forno: "Uma noite - A Promessa" de Jodi Ellen Malpas




Depois da trilogia "Este Homem" o grupo Editorial Planeta prepara-se para lançar uma nova trilogia da autora Jodi Ellen Malpas, intitulada de "One night". Como a sua trilogia anterior, esta também será dentro do género erótico. Já foram lançados os primeiros dois livros em 2014 e o terceiro saiu este ano. O primeiro livro terá o título de "A Promessa" e sai em Abril!

Livy repara nele no momento em que entra no café. Ele é deslumbrante, imponente, com uns olhos azuis tão penetrantes que ela mal dá conta do pedido. Quando sai pensa que nunca mais voltará a vê-lo. Até que descobre a nota que deixou no guardanapo, assinado «M».Tudo o que ele quer é uma noite com ela. Sem ressentimentos, sem compromissos, apenas prazer. Sem limites. Olivia e Miller. Miller e Olivia. Opostos como o dia e a noite e ainda assim tão necessários um ao outro.Ele é distante, desagradável e misterioso : sempre sabe o que quer e o que ama. Ela é doce e atenciosa, uma jovem mulher que apenas quer ser feliz a amada, mas quando Miller entra na sua vida ela percebe que perdeu o controle de si mesma... Miller desperta algo em Livy , algo profundo e viciante que ela nunca soube que existia - e que ela teme que só ele pode satisfazer. Mas ela percebe que por trás dos carros rápidos, dos fatos elegantes e do luxuoso apartamento, ele está doente por dentro... Para tê-lo, de corpo e alma, Olivia vai ter que enfrentar os seus segredos obscuros.

Opinião Young-Adult: "Cress" de Marissa Meyer



- Cuidado Spoilers - 
 
Finalmente um livro que me agarra, mesmo com as suas muitas páginas. Adorei, amei! As espectativas eram altas, porque os dois anteriores também foram excelentes, mas este foi de longe melhor que o segundo! Agora só falta aguardar com pouca paciência pelo quarto e último livro.
O que eu gosto mais nesta saga é a mistura de temas que nos faz voltar à nossa adolescência mas ao mesmo tempo no futuro. Adoro este tipo de Distopias, com insinuações de outras histórias.
Nesta conhecemos Cress, uma menina loira muito querida e inocente, mas que tem capacidade para fazer muitos estragos. Ela conhece o Thorne, uma personagem engraçadissima e cheia de charme, mas que não tem jeito para mais nada - ou talvez não! Ele aqui não se revela, mas pelo menos começamos a conhecer um outro lado dele mais sério e responsável. À conta dele damos umas belas risadas a meio do livro, mas também nos trás lagriminhas nalgumas cenas com a Cress. Fiquei surpreendida com a sua reacção ao que lhe aconteceu, mas não acho que seja um ponto negativo para a autora, porque só mostra a maturidade dele.
Neste livro Scarlet não aparece muito, mas o pouco que aparece são cenas intensas, principalmente as duas últimas. A sua ausência em cena acaba por não ser muito importante porque Wolf, que aparece mais, a relembra constantemente, tal como o resto dos seus amigos.
Como disse no Ponto de Situação, a cena da traumaturga e da troca de naves foi um pouco confusa e penso que até agora é o único ponto negativo a desfavor da autora - ela não consegue esmiuçar as cenas de acção de forma a que o leitor entusiasmado perceba ou imagine à primeira o que se está a passar. Balas a circular, murros e personagens a fugir não é fácil de ler à primeira, mas numa boa escrita esse é um ponto crucial, visto estarmos a ler a uma velocidade considerável (sem nos apercebermos) e de repente há ali algo que nos falha e temos que reduzir umas duas mudanças para percebermos bem o que se passa.
Fiquei surpreendida com o rapto de Cress. Não estava à espera que depois de a ajudarem a tenham vendido. Mas assim a autora sempre conseguiu juntar por breves momentos pai e filha - mais um momento emocionante.
Outros momentos cheios de emoção são os que incluem Cinder. No inicio achei que se tinha tornado quase uma personagem secundária, mas quando acontece o rapto de Kai (nossa, toda a gente foi raptada neste livro!) ela começa a tomar as rédeas de toda a história, com personagens lesionadas mas lá consegue tudo - o que não estava nada à espera também.
A partir daí fica cada vez melhor! Conhecemos a Winter, protagonista do próximo, a Cress e o Thorne lá se entendem, a Scarlet fica melhor acompanhada, mas o Wolf e o Jacin continuam sozinhos. Mas o melhor de tudo é o beijo de Cinder e Kai. Finalmente irmãos!! Foi lindo, maravilhoso! E quando ele descobriu que ela é a princesa Selena não reagiu nada como estavamos à espera (eu e a Cinder). Portanto este é um livro de 5* que eu vou ter todo o prazer em reler quando vier o próximo, visto que vai demorar imenso.

Neste terceiro livro de Marissa Meyer, Cinder e o capitão Thorne estão escondidos com Scarlet e Wolf. Juntos, conspiram para derrubar a rainha Levana e impedir o seu exército de invadir a Terra.
A sua melhor esperança é Cress, uma jovem presa num satélite desde a infância e que apenas tem os netscreens como companhia. Todo este tempo passado a olhar para os ecrãs fez dela uma excelente hacker. Mas infelizmente, é obrigada a trabalhar para a rainha Levana, e recebeu ordens para localizar Cinder e o seu bonito cúmplice. Quando o ousado resgate de Cress corre mal, o grupo desmembra-se. Cress obtém por fim a liberdade, mas com um preço mais elevado do que jamais pensou. Entretanto, a rainha Levana não vai deixar nada impedir o seu casamento com o imperador Kai. Cress, Scarlet, e Cinder podem não ter sido designadas para salvar o mundo, mas são a única esperança do mundo.

Primeiras Impressões: "Sem Medo do Destino" de Nora Roberts



Ora vamos cá começar a contribuir para a lista curta dos romances policiais/suspense aqui no blog.

Gosto a capa, mas acho-a tão artificial que acaba por estragar a ideia "natural" da imagem.
A sinopse não nos trás nada de novo nas histórias de Nora Roberts. Por isso espero que quando o ler seja isso mesmo, algo tipico de Nora que saibamos que ao pegar-lhe estamos confiantes que vamos ter umas horas de conforto e satisfação.

Nos indolentes dias de verão, uma intensa vaga de calor é a maior notícia na cidade de Washington – mas a meteorologia é ignorada quando uma jovem é encontrada estrangulada.
Mais duas vítimas se seguem e subitamente todos os grandes jornais falam no assassino a quem chamam “O Padre”. Quando a polícia requisita o auxílio da psiquiatra Tess Court, ela apresenta o retrato-perfil perturbador de uma alma perversa para definir o criminoso. Mas o Detetive Ben Paris não quer saber da psique do assassino – o que ele não consegue ignorar é Tess.
Confiante e atraente, Ben tem uma lendária reputação como mulherengo, mas Tess não reage a Ben como as outras mulheres, tornando o desafio de a conquistar muito mais aliciante.
Enquanto Ben e Tess se associam como parceiros nesta perigosa missão, a chama da paixão acende-se… No entanto, alguém mais tem o olhar enfeitiçado pela bela psiquiatra loura, e talvez ninguém consiga impedir a próxima tragédia.

25 de março de 2015

Ponto de Situação: "Cress" de Marissa Meyer




Ai tão fofos que eles são! E tão novos, mas com umas histórias já tão grandes, mas ao mesmo tempo baseadas em Contos de Fadas da Disney. Já me tinha esquecido disto tudo, mas não da coragem de Cinder e dos seus amigos, nem do Kai, o principe mais jovem mas mais querido e sexy que li.
Deste livro só esperava acontecimentos felizes, mas aqui na página 163 as coisas vão complicadas, principalmente para a nossa Cress, a nova personagem, que já se emparelhou, ou pelo menos eu espero que sim e a Mafi já me comprovou (que já vai mais adiantada).
A cena da traumaturga e da troca de naves foi um pouco confusa e penso que até agora é o único ponto negativo a desfavor da autora - ela não consegue esmiuçar as cenas de acção de forma a que o leitor entusiasmado perceba ou imagine à primeira o que se está a passar. Balas a circular, murros e personagens a fugir não é fácil de ler à primeira, mas numa boa escrita esse é um ponto crucial, visto estarmos a ler a uma velocidade considerável (sem nos apercebermos) e de repente há ali algo que nos falha e temos que reduzir umas duas mudanças para percebermos bem o que se passa. Expliquei-me bem?
Tal como no último livro continuo a odiar a rainha e os seus seguidores e espero que Cinder seja brevemente o que está destinada a ser, com o seu Kai ao lado claro!
Neste terceiro livro de Marissa Meyer, Cinder e o capitão Thorne estão escondidos com Scarlet e Wolf. Juntos, conspiram para derrubar a rainha Levana e impedir o seu exército de invadir a Terra.
A sua melhor esperança é Cress, uma jovem presa num satélite desde a infância e que apenas tem os netscreens como companhia. Todo este tempo passado a olhar para os ecrãs fez dela uma excelente hacker. Mas infelizmente, é obrigada a trabalhar para a rainha Levana, e recebeu ordens para localizar Cinder e o seu bonito cúmplice. Quando o ousado resgate de Cress corre mal, o grupo desmembra-se. Cress obtém por fim a liberdade, mas com um preço mais elevado do que jamais pensou. Entretanto, a rainha Levana não vai deixar nada impedir o seu casamento com o imperador Kai. Cress, Scarlet, e Cinder podem não ter sido designadas para salvar o mundo, mas são a única esperança do mundo.

24 de março de 2015

Primeiras Impressões: "Cress" de Marissa Meyer


Não é tão lindo este volume? Para quem gostou dos primeiros dois, este até podia ter a capa mais feia, mas felizmente a Planeta deu-nos algo dentro do género e aqui temos uma todo fofinha num livro que é o mais grosso dos três.
A sinopse não desilude e até agora (do que já li) o interior também não.
Mais pormenores no Ponto de Situação que virá brevemente.

23 de março de 2015

Ponto da situação: "Cress" de Marissa Meyer



Páginas em que vou: 312.

Até agora estou a adorar apesar de ter aqui uns problemas com o livro.

A Scarlet aparece pouco e continua a ser a personagem feminina que eu menos gosto Katie;
A Cress é tão fofa e só apetece abracá-la e protegê-la de tudo e de todos;
Não percebo porque é que se chamam conchas;
O Kai está a surpreender-me com as suas atitudes, temos homem!
A Cinder está ainda mais badass e estou a morrer para que interrompe o casamento imperial;
A Cress é tão ingénua e eu só quero ser amiga dela e ajudá-la! cries
Fiquei curiosa quando o Jacin se revelou e já parto do princípio que vai ser o par amoroso da Winter.
Eu já disse que adoro a Cress e que ela o Thorne são o meu novo OTP (one true pairing)? Alexz 3


21 de março de 2015

Origem: "Rebeldes" de Anna Godbersen


Hoje trazemos-vos as Princesas de Nova Iorque! Ou melhor as origens destes livrinhos, outra série que ainda está incompleta em PT faltando apenas um mísero livro por editar...

Babem-se com os vestidos!



RebeldesCover Artist Deconocido (Obtenida de pagina Rusa) - The Luxe (Luxe series #1) by Anna Godbersen

19 de março de 2015

Opinião Sobrenatural: "Rubi" de Kerstin Gier




Mas que boa surpresa foi este "Rubi"!

Realmente uma pedra preciosa no meio de tanta série YA que foi editada nos últimos anos. O pior disto tudo é que a trilogia ficou por acabar em Portugal, mas enfim já nos vamos habituando não é? Mas pronto ao menos tivemos o privilégio de editarem em Português dois livros da série, é que nem no Brasil conseguiram com que traduzissem esta série, portanto points for us.

9568263Vou começar por elogiar a autora - Kerstin Gier - que foi inteligente na construção deste primeiro livro. Normalmente os primeiros livros da série têm sempre o mesmo plot: adolescente descobre que é diferente, tenta descobrir porquê, pelo meio há sempre um rapaz giro, e o fim do livro acaba quase sempre em cliffhanger e a fazer-nos desesperar pelo próximo. Rubi até tem todos estes elementos mas a autora - na minha opinião - soube construir este primeiro livro de uma maneira a torná-lo muito introdutório e com pouco desenvolvimento; basicamente a levantar apenas a ponta do véu.

A acção começa tardiamente e só nos apercebemos bem da questão do livro já perto das páginas finais. Não pensem que até ao final é só palha, nada disso. Todo o livro é uma introdução e um cheirinho da trilogia em si. Gier apresenta-nos toda a mitologia das pedras preciosas, das viagens no tempo e da sociedade secreta. Só que fá-lo de uma maneira tão light que nem damos pelas páginas passar. A aliar a isto tudo, temos a nossa protagonista que sinceramente é o que faz o livro. As personagens fazem o livro e mal posso ver como ficaram em formato cinematográfico. A Gwen tem garra e também tem uma melhor amiga espectacular, daquelas mesmo amigas para a vida. Adorei a amizade entre as duas.
Quanto ao Gideon e à parte amorosa do livro, achei súbito o interesse um pelo o outro mas é melhor ir-me habituando a vê-los juntos pois é para continuar. Estou muito curiosa com a história da Lucy e do Paul e adorei que o epílogo fosse narrado por eles. Dá para ver bem o paralelismo entre os dois casais. Acho que ainda vem por aí muita coisa boa neste mundo precioso. Mal posso esperar pelo Safira!

Pertencer a uma família cheia de segredos não é fácil, ou pelo menos é o que pensa Gwendolyn Sheperd, de 16 anos. Até que um dia se vê em Londres do final do século passado e se apercebe de que ela própria é o maior segredo da família. Do que Gwendolyn não se apercebera é que apaixonar-se quando se está presa num tempo diferente não é nada boa ideia. Tudo se pode complicar...




Primeiras Impressões: "A Linguagem das irmãs" de Amy Hatvany



E continuam as aquisições na Cashconverters! E mais um livrinho da lista de desejos riscado 

Como podem ver pela etiqueta, foi outro livro comprado a preço reduzido e mesmo ainda não tendo lido o outro livro da autora, não podia deixar ficar lá este.

Gosto bastante da capa e o livro parece ser bem dramático. Vamos ver quando terei disposição para pegá-lo! 

A Sair do Forno: "Amor verdadeiro" de Jude Deveraux



Em Abril chega-nos mais um livro de Jude Deveraux. A Quinta Essência irá lançar "Amor Verdadeiro" o primeiro livro de uma trilogia de livros contemporâneos, todos eles centados numa noiva, ou a trilogia não se chamasse "The Nantucket Brides". Fiquem com a capa e a sinopse traduzida.

Quando Alix Madsen está a terminar a faculdade de arquitetura, Adelaide Kingsley morre e deixa-lhe em testamento o usufruto, por um ano, de uma encantadora casa do séc. XIX em Nantucket. A relação da idosa com a família Madsen é um mistério para a voluntariosa Alix –que terminou há pouco uma relação -, mas Alix aceita o estranho legado, em parte porque lhe dá tempo para planear o casamento da sua melhor amiga.
Porém, forças invisíveis movimentam-se nos bastidores, fazendo ranger as tábuas antigas da Casa Kingsley. Parece que Adelaide Kingsley tinha uma tarefa bastante específica para Alix: resolver o estranho desaparecimento de uma das mulheres da família Kingsley, Valentina, há mais de duzentos anos. Como se isso não fosse suficientemente perturbador, Alix tem ainda de lidar com o arrogante (e extremamente bem-parecido) arquiteto Jared Montgomery, que vive no anexo da casa.
Sem o conhecimento de Alix, Jared foi incumbido de olhar por ela enquanto está na ilha - tarefa fácil para ele, considerando a inegável química entre os dois. Mas Jared tens os seus segredos que, se revelados, podem cavar um fosso entre ambos.
Com um glorioso casamento de Nantucket no horizonte, há faíscas no ar e os fantasmas do passado começam a mostrar-se - alguns deles mesmo a sério. Vendo as suas vidas intimamente entrelaçadas com os destinos turbulentos dos seus antepassados, Alix e Jared descobrem que apenas corrigindo os erros do passado podem esperar ficar juntos.
Quentinho em Abril!


18 de março de 2015

Primeiras Impressões: "A minha vida é um filme - em busca do final feliz" de Paula Pimenta




Eu não sei se sou grande sortuda ou se...só sortuda :P

A verdade é que em Dezembro encontrei o 2º livro desta série a apenas 2€ na Cashconverters e claro trouxe-o para casa. No Natal tive a felicidade de me oferecerem o 1º livro. No mês passado comprei o 3º ao preço normal e ontem fui novamente à Cash e estava lá o 4º livro à minha espera por 4.50€! :D 

Nem planeava comprar já este mas é claro que não podia deixá-lo ficar na loja pelo preço marcado. Ainda não comecei a ler a série mas agora que sei que a autora vem a Portugal irei tentar ler todos até á Feira do Livro para depois serem autografados. Espero mesmo gostar da série! Agora é esperar pelo 5º livro (a 2ª parte do 4º) e ver se também o consigo a um preço baratinho...mas se alguém quiser oferecer também aceito ok? 

Doce Re-aquecido: "Sol à Meia-Noite" de Rosie Thomas

.

O romance de Rosie Thomas, outra autora nova por aqui, recebeu nova cara da Saída de Emergência e até teve direito a um perfil à parte e muitoooo incompleto no Goodreads (pedimos à/ao autor/a deste facto que o corrija por favor).


Preferem a edição de 2006 ou 2015?

Doce do Momento a duas: "Cress" de Marissa Meyer




Já li 2 páginas! Yeey - Ne
Ahaha eu já li 20! :D - Mafi

Neste terceiro livro de Marissa Meyer, Cinder e o capitão Thorne estão escondidos com Scarlet e Wolf. Juntos, conspiram para derrubar a rainha Levana e impedir o seu exército de invadir a Terra.
A sua melhor esperança é Cress, uma jovem presa num satélite desde a infância e que apenas tem os netscreens como companhia. Todo este tempo passado a olhar para os ecrãs fez dela uma excelente hacker. Mas infelizmente, é obrigada a trabalhar para a rainha Levana, e recebeu ordens para localizar Cinder e o seu bonito cúmplice. Quando o ousado resgate de Cress corre mal, o grupo desmembra-se. Cress obtém por fim a liberdade, mas com um preço mais elevado do que jamais pensou. Entretanto, a rainha Levana não vai deixar nada impedir o seu casamento com o imperador Kai. Cress, Scarlet, e Cinder podem não ter sido designadas para salvar o mundo, mas são a única esperança do mundo.

17 de março de 2015

A Sair do Forno: "Romance com o Duque" de Tessa Dare



E mais uma autora de romance histórico a chegar a Portugal! Desta vez pela Topseller! Romance com o Duque é o primeiro livro de uma trilogia, já com os dois primeiros livros publicados no original e com o terceiro a sair este ano! 


Uma donzela perdida, um castelo misterioso, um duque com um temperamento e um passado um pouco… complicados. O cenário perfeito para um amor improvável.
Como filha de um afamado escritor, Isolde Ophelia Goodnight, também conhecida por Izzy, cresceu em redor de românticos contos de cavaleiros corajosos e belas donzelas. As histórias daqueles livros prometiam inúmeras possibilidades. E por isso mesmo nunca duvidou de que o romance teria lugar também na sua vida.
À medida que foi crescendo, porém, foi riscando essas possibilidades da lista. Uma a uma:
O patinho feio que se tornou cisne.
Ser raptada por um atraente salteador de estrada.
Ser salva da miséria por um príncipe encantado.
Alto lá… Agora que os seus desejos de amor romântico se haviam gorado, Izzy já estava resignada a uma vida de mera subsistência. Mas havia um conto de fadas predestinado a esta mulher de vinte e seis anos, não tão atraente quanto isso, pobre e que nunca fora beijada. Esse conto de fadas era... Este.

Romântico dia 30 de Março! 

Primeiras Impressões: "Paixão Sem Limites" de Abbi Glines


Primeiro que tudo devo dizer que não gosto da capa. Para esta sinopse preferia uma modelo mais inocente e esta não me parece nada disso.
A sinopse promete ser uma tipica história YA, com tanto drama como o livro "Uma Semana para te Amar". Espero gostar tanto deste, que veio de arrasto com os da Nora Robert, como deste último que acabei de referir.
Ela tem apenas 19 anos. É filha do padrasto dele. Ela é ingénua e inocente. O que mais poderia ser uma rapariga que passou os últimos 3 anos a cuidar de uma mãe doente?
Rush tem de 24 anos. Ela é a única coisa que está fora de alcance. O dinheiro que recebe do pai ausente, o desespero da mãe que faz tudo para conquistar o amor do filho e o seu charme pessoal são os três motivos pelos quais Rush nunca ouviu a palavra "não".
Após a morte da mãe, Blaire deixou a pequena quinta no Alabama para ir viver com o pai e nova família dele numa luxuosa casa de praia na Florida. Ela não está preparada para esta mudança de vida e sabe que nunca irá encaixar neste mundo. Para piorar a situação, o pai de Blaire viajou para Paris com a nova mulher, deixando-a sozinha o verão inteiro com Rush, que não parece nada satisfeito com a chegada da sua nova "irmã" por afinidade.
Rush é tão mimado quanto irresistível e sensual. E isso começa a afetar Blaire. Mas ele sabe que ele é tudo menos o homem certo para ela. Atormentado e misterioso, Rush tem um segredo que pode mudar a vida de ambos para sempre… e apesar de tudo isto, a paixão proibida cresce, sem limites…

Origens: Internacionais [12]



E continuamos com mais dez origens lindas :)

Illustration by Cliff Nielsen – Mystic City by Theo LawrenceMystic City (Mystic City, #1)

Illustration by Cliff Nielsen – The Peculiars by Maureen Doyle McQuerryThe Peculiars

 The Merchant's Daughter

 Doon (Doon, #1)

Goodreads | Photos of The Healer's Apprentice (YA Romance Fairy Tales, #1) by Melanie Dickerson - Cover artist Michael HeathThe Healer's Apprentice

Shatter Dark by Gene MollicaThe Shattered Dark (Shadow Reader, #2)

Gene Mollica Art; Cover of "Firelight" by Kristen CallihanFirelight (Darkest London, #1)

Gene Mollica Art; Cover of "Moonglow" by Kristen CallihanMoonglow (Darkest London, #2)

Michael Heath Art; Cover of "Poison" by Bridget ZinnPoison

Shane Rebenschied Art; Cover of "Deep Blue" by Jennifer DonnellyDeep Blue (Waterfire Saga, #1)



Hoje fazemos 5 aninhos!

Bem vindas e bem vindos a mais um aniversário aqui do nosso cantinho, mais doce da blogosfera. Pois é, hoje comemoramos mais um ano...