31 de julho de 2014

Primeiras Impressões: "Lago Perdido" de Sarah Addison Allen



Aproveitei a promoção da Wook e com 20% de desconto lá veio para casa!

Estou muito curiosa pois já aos anos que não leio nada da autora e já tenho saudades da sua escrita mágica.

A capa é bonita mas gosto mesmo é da contra-capa

A floresta como fundo e aqueles balões luminosos a emoldurar é tão giro *.* 

Vamos a ver se SAA não me desilude mas duvido que aconteça! 


Origem: "O Apelo da Lua" de Patricia Briggs


A Mercy vai invadir o ADPOC, portanto preparem-se para as origens todas dos livros já publicados em Português...as restantes ficam para as internacionais. 

O Apelo da Lua (Mercy Thompson, #1)

Posts relacionados:

28 de julho de 2014

Doce do Momento: "Cinder" de Marissa Meyer

Com dezasseis anos, Cinder é considerada pela sociedade como um erro tecnológico. Para a madrasta, é um fardo. No entanto, ser cyborg também tem algumas vantagens: as suas ligações cerebrais conferem-lhe uma prodigiosa capacidade para reparar aparelhos (autómatos, planadores, as suas partes defeituosas) e fazem dela a melhor especialista em mecânica de Nova Pequim. É esta reputação que leva o príncipe Kai a abordá-la na oficina onde trabalha, para que lhe repare um andróide antes do baile anual.
Em tom de gracejo, o príncipe diz tratar-se de «um caso de segurança nacional», mas Cinder desconfia que o assunto é mais sério do que dá a entender.
Ansiosa por impressionar o príncipe, as intenções de Cinder são transtornadas quando a irmã mais nova, e sua única amiga humana, é contagiada pela peste fatal que há uma década devasta a Terra. A madrasta de Cinder atribui-lhe a culpa da doença da filha e oferece o corpo da enteada como cobaia para as investigações clínicas relacionadas com a praga, uma «honra» à qual ninguém até então sobreviveu. Mas os cientistas não tardam a descobrir que a nova cobaia apresenta características que a tornam única. Uma particularidade pela qual há quem esteja disposto a matar.

A Sair do Forno: "Um milhão de Prazeres Proibidos" de C.L. Parker

Para a maioria das pessoas, dois milhões de dólares são uma fortuna. Para o multimilionário Noah Crawford, foi o dinheiro mais bem gasto da sua vida. Foi quanto bastou para comprar, num leilão, a virgindade de Lanie. E não só: no preço estava incluído a fidelidade absoluta, durante dois anos seguidos, da mulher mais bela e sensual que jamais conheceu. 
  No entanto, quando o charmoso magnata descobre a verdadeira razão que levou Laine a vender-se, é obrigado a enfrentar a decisão mais difícil da sua vida - e libertá-la de todos os compromissos. 
  Há prisões, no entanto, de onde ninguém quer escapar. Lanie sabe que estava presa a um contrato sem sentido. Mas sabe também que não concebe viver sem Noah - o que os une é muito mais do que um papel assinado, muito mais do que o sexo ardente que têm vivido desde que se conheceram… Lanie toma uma decisão. Nada poderá afastá-los. Nem o terrível inimigo de Noah, que espreita a primeira oportunidade para destruir o rival; nem o tenebroso segredo que Noah insiste em não partilhar, nem mesmo com ela. Ela vai mostrar-lhe que pertencem um ao outro, mesmo que assim ponha em risco uma paixão que nunca poderá ser comprada ou vendida.


Sai dia 26 de Agosto! 

Continuação de:

25 de julho de 2014

Doce do Momento: "Ligeiramente Perverso" de Mary Balogh

É difícil resistir a Lord Rannulf Bedwyn. Para Judith Law, ele é um sonho tornado realidade. É com este belo desconhecido que a jovem decide passar a única noite de paixão da sua vida. Na manhã seguinte, ela submete-se resignadamente ao deprimente papel de dama de companhia de uma tia rica. Judith nunca pensou voltar a ver o homem a quem se entregou de forma tão arrebatada... e imprópria, muito menos encontrá-lo sob o mesmo teto e a cortejar a sua prima. Só que as aparências iludem. Rannulf não esqueceu a noite que passaram juntos. E Judith luta consigo mesma e com essa memória, à qual não pode ceder sob pena de perder a proteção da tia, o seu único sustento após a ruína da família. Quando um escândalo ameaça destruir a sua já frágil existência, Rannulf não hesita em recorrer ao poder e influência dos Bedwyn para a salvar. Os sentimentos de ambos estão ao rubro. Mas qual o futuro de uma relação que começou com uma paixão despudorada e culminou em humilde gratidão? Poderá o verdadeiro amor nascer de algo ligeiramente perverso?

24 de julho de 2014

Origens: Internacionais [4]



E chegamos à 4º edição de Origens Internacionais...algumas fáceis de encontrar, outras mais difíceis mas aqui estão as 10 eleitas para agora:




Smelling flower on  bed : Foto de stock

Closeup portrait of sexy whiteheaded young woman with beautiful blue eyes on light - grey  background - stock photo

Getting Close (At the Party, #3)Attractive young couple kissing in the sea Royalty Free Stock Photo


Couple Holding HandsSing Me to Sleep

Winter Longing

Take Me ThereYoung couple lying on road embracing, outdoors : Foto de stock

Fashion portrait of beautiful young lovers - stock photoObsession


Young adult male whispering into ear of female : Foto de stock



23 de julho de 2014

A Sair do Forno: "Um amor perdido" de Anna McPartlin



A 21 de junho de 2007 Alexandra Kavanagh saiu de casa, falou com a vizinha, meteu-se no comboio, chegou à estação de Dalkey e desapareceu... Tom está destroçado. Não encontra a mulher, o seu mundo desmoronou e o seu único objetivo é localizá-la. Durante dezassete anos, Jane cuidou do filho Kurt, da excêntrica irmã Elle, e da rabugenta mãe Rose. A única pessoa de que não cuida é dela própria. Elle é artista e considerada um génio. Como tal, o seu comportamento um tanto errático é tolerado. Embora a sua vida pareça perfeita, a tristeza de Elle é por vezes profunda. Leslie perdeu toda a família para o cancro. Passou vinte anos à espera de morrer, mas após uma operação radical está determinada a viver de novo. Quatro meses depois do desaparecimento de Alexandra. Tom entra num elevador com Jane, Elle e Leslie para um concerto de Jack Lukeman. Uma hora mais tarde, os quatro desconhecidos saem de lá com as suas vidas entrelaçadas para sempre. Um Amor Perdido aborda o alcoolismo, a depressão, a negação e a dor e ainda assim irá dar por si a sorrir e até a rir.


Sai em Setembro! 

22 de julho de 2014

Doce do Momento: "Ligeiramente Casados" de Mary Balogh

Como todos os Bedwyn, Aidan tem a reputação de ser arrogante. Mas este nobre orgulhoso tem também um coração leal e apaixonado - e é a sua lealdade que o leva a Ringwood Manor, onde pretende honrar o último pedido de um colega de armas. Aidan prometeu confortar e proteger a irmã do soldado falecido, mas nunca pensou deparar com uma mulher como Eve Morris. Ela é teimosa e ferozmente independente e não quer a sua proteção. O que, inesperadamente, desperta nele sentimentos há muito reprimidos. A sua oportunidade de os pôr em prática surge quando um parente cruel ameaça expulsar Eve de sua própria casa. Aidan faz-lhe então uma proposta irrecusável: o casamento, que é a única hipótese de salvar o lar da família. A jovem concorda com o plano. E agora, enquanto toda a alta sociedade londrina observa a nova Lady Aidan Bedwyn, o inesperado acontece: com um toque mais ousado, um abraço mais escaldante, uma troca de olhares mais intensa, o "casamento de conveniência" de Aidan e Eve está prestes a transformar-se em algo ligeiramente diferente...

20 de julho de 2014

Opinião Contemporânea: "Segredos do Passado" de Deborah Smith



Finalmente peguei no último livro de Deborah Smith que tinha ainda por ler e....podia dizer para irem ler a opinião da Ne porque concordo com tudo (tirando o facto de ela dizer que a culpa é minha por o livro ter passado à frente de outros, sou inocente O:) ), mas a verdade é que concordo com ela. Este livro desiludiu-me um pouco em relação ao Café do Amor e ao Doçura da Chuva, nem se fala, achei mesmo muito inferior. 

10365969No Ponto de Situação critiquei a primeira parte do livro mas o mais engraçado é que foi a parte que mais gostei, pois achei a segunda parte muito morna e nada do que estava à espera. Também não sei o que esperava, mas queria algo melhor, que me prendesse mais à leitura.

De todas as personagens, acho que não me liguei assim a nenhuma em especial. Apesar de ter gostado do casal principal, a Claire e o Roan por vezes (na idade adulta) irritaram-me um pouco. Não gostei daquela família que é maior que a minha e olhem que eu tenho primos espalhados por esse mundo fora, que nunca mais acabam, mas a família pareceu-me muito disfuncional e nenhum se destacou como a voz da razão, na minha opinião. Achei o romance muito fraco, não me cativou minimamente. Fiquei desapontada com este aspecto, pois é sempre um ponto positivo nos livros da autora, mas não neste. O melhor é mesmo a descrição das cenas e dos cenários embora a autora tenha a tendência de divagar sobre coisas que não interessam para a estória. Tal como a Ne, a cena que mais me marcou foi quando o Roan fez o que fez, acho que foi mesmo o twist que melhorou o livro, apesar...de eu ter achado previsível mal a cena começou a desenrolar-se. Não me surpreendeu mas não foi por isso que não deixei de gostar da cena em si e das páginas posteriores, que para mim foram o ponto alto do livro. Já li muito melhor desta autora e espero que ainda o venha a fazer com futuros livros.

Sinopse


A Place to Call HomeTítulo Original - A Place to Call Home
Edição - 2011
ISBN - 
9789720045409







19 de julho de 2014

A Sair do Forno: "A Bela Americana" de Jess Walters


Pasquale é um italiano sonhador. Tem 20 anos, vive numa aldeia costeira no mar da Ligúria, é dono do hotel local. Está na praia no dia em que uma inesperada hóspede chega de barco. É uma americana alta, frágil, de uma beleza aparentemente banal. Vai caminhando hesitante pelo cais, aproxima-se, até que se vira e o olha de frente. E o seu rosto, visto no ângulo certo, é o rosto perfeito. E o momento, aquele momento - perceberá Pasquale mais tarde -, vai durar uma vida inteira. Desde a primeira página, percebemos que A Bela Americana é um romance invulgar. Porque nos dá a ler um diário perdido, de cortar o coração. Porque nos fala de um músico vergado ao álcool e desesperado por se reencontrar. Porque nos revela um Richard Burton torturado pelo amor de Elisabeth Taylor nas filmagens de Cleópatra. E porque todas essas personagens, tão imperfeitas, tão impossivelmente românticas, estão misteriosamente ligadas umas às outras. E todas elas existem apenas porque, um dia, a bela americana desapareceu sem deixar rasto.

Sai dia 29 de Julho

18 de julho de 2014

Origem: "Um pequeno escândalo" de Patricia Cabot



Um Pequeno EscândaloYoung beautiful woman in vintage dress - stock photo

Depois de alguma pesquisa, aqui está ela! A primeira origem de Patricia Cabot nesta rubrica! Acho que fizeram bem em cortar a cabeça à rapariga...

Posts relacionados:

17 de julho de 2014

A Sair do Forno: "Entrega-te ao amor" de J.C. Reed




Brooke Stewart é uma jovem em início de carreira no setor imobiliário que não está disposta a ceder a tentações. Jett Mayfield é um homem deslumbrante, habituado a obter o que quer, e por acaso também é o novo patrão de Brooke. Quando ambos se conhecem, a atração que sentem é impossível de ignorar. Jett está fascinado por Brooke e pelo modo como parece determinada a rejeitá-lo. Por isso, faz-lhe uma proposta que os levará para terreno desconhecido, simultaneamente perigoso e excitante. Mas poderá uma mentira arruinar toda a química entre eles?

A entregar-se dia 5 de Agosto 

14 de julho de 2014

Origem: "Nunca te apaixones por um Highlander" de Maya Banks



Foi muito fácil descobrir este higlander, não acham assim por acaso, os dedos dele longos demais? Já para não dizer finos e tortos...


Posts relacionados:

Ponto da Situação: "Segredos do Passado" de Deborah Smith

Segredos do Passado

Página em que vou: 221

Bem parece que à terceira é de vez! Já tinha começado o livro duas vezes e não tinha passado das primeiras páginas mas fiz um esforço e entrei na leitura, que estou a adorar.

Até agora está a corresponder às expectativas mas ainda não ultrapassou a Doçura da Chuva. Mesmo assim acho que estou a gostar mais do que O Café do Amor mas ainda falta muito para acabar o livro. Vou a meio e só agora é que a estória vai começar, um defeito que aponto neste livro. Acho que não eram precisas tantas descrições e relatos sobre a infância da Claire e do Roanie. Eu sei que é para dar ainda mais ênfase à relação especial entre os dois e que nos faz ansiar ainda mais pelo encontro deles mas só a primeira parte ocupou metade do livro e espero que agora daqui para a frente não seja tudo corrido! 

13 de julho de 2014

Doce do Momento: "A Sedução Mais Escura" de Gena Showalter




Um guerreiro imortal que deseja conquistar apenas uma mulher… Paris era um guerreiro imortal possuído pelo demónio da Promiscuidade e com um atrativo irresistível, o que também supunha uma carga pesada. Todas as noites devia ir para a cama com alguém diferente se não quisesse debilitar-se até à morte. E a mulher que desejava mais do que qualquer outra estava completamente fora do seu alcance ou, pelo menos, era o que pensava nesse momento. Sienna Blackstone tivera no seu interior, até há bem pouco tempo, o demónio da Raiva, que a atormentava com a constante necessidade de castigar todos os que a rodeavam. Contudo, nos braços de Paris, aquela jovem vulnerável e insegura ia encontrar uma paixão e uma paz desconhecidas para ela. Até que rebentou uma batalha entre os deuses, os anjos e as criaturas do Submundo que poderia separá-los para sempre…

A Sair do Forno: "A minha vida é um filme - Na terra da Rainha" de Paula Pimenta

Na Terra da Rainha

Quando Fani embarcou no avião para fazer um ano de intercâmbio em Inglaterra, levava na mala inúmeras expectativas mas também já sentia imensas saudades. Longe de Leo, o grande amor, descobriu que o seu filme romântico rapidamente poderia vir a transformar-se num drama. Mas Fani já não é a adolescente frágil e insegura que deixou Belo Horizonte. Num cenário onde tudo é tão diferente, Fani aprenderá a conhecer-se melhor, fará amizades que irão ficar no seu coração para sempre e viverá uma montanha-russa de emoções fortes. Mas a melhor cena do seu filme talvez esteja reservada para o final…

A aterrar nas livrarias dia 15 de Julho!

Continuação de:
PaulaPimenta

Hoje fazemos 5 aninhos!

Bem vindas e bem vindos a mais um aniversário aqui do nosso cantinho, mais doce da blogosfera. Pois é, hoje comemoramos mais um ano...