22 de março de 2014

Primeiras Impressões: "Motivos para Sorrir" de Paulo Neto


Este livrinho também chegou cá a casa na quarta feira. Ora bem, a esperança na literatura portuguesa é a última a morrer por isso tal como aconteceu com o Ricardo Tomaz, vou dar uma oportunidade (e ele a mim eheh) ao Paulo Neto.
Gosto do título, dá logo uma boa vibe, mas a capa não podia ser mais morbida, com tanto preto e branco e até o laranja é meio morto.
Em relação à sinopse espero que se refira a 4 romances num e que haja mais "motivos para sorrir" que drama.


4 comentários:

  1. Olha eu gostei imenso da capa! :)

    ResponderEliminar
  2. Por acaso, nunca tinha pensado na capa como sendo mórbida, apesar dos tons escolhidos não serem os mais luminosos.
    Curiosamente quando a editora me apresentou as duas alternativas para a capa fiquei espantadíssimo como esta ficou tão parecida com a ideia que tinha em mente para a capa, pois nunca me perguntaram nada (nem nunca lhes indiquei) como é que eu imaginava a capa. Mas imaginava assim, uma atmosfera citadina nocturna, um prédio em destaque e silhuetas dos quatro casais protagonistas por entre as janelas.
    A outra proposta para a capa era mais geométrica, era em fundo cinzento, tinha silhuetas semelhantes e janelas estilizadas de várias cores, mas acabei por escolher esta proposta por estar mais dentro daquilo que eu imaginava.

    Espero que a Inês goste de ler o meu livro, e sobretudo que a faça sorrir, mesmo por entre os dramas.

    ResponderEliminar

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!