15 de janeiro de 2014

Opinião Sobrenatural: "Os Adivinhos" de Libba Bray

Começando pelo inicio - o primeiro capítulo é representativo do restante livro. Com uma tradução horrível, com formas verbais estranhas e traduções piores, assim começa o ebook de Libba Bray.
John Perverso? Então para isso metiam João Perverso!!
De igual forma e estrutura continuou o livro. Achei a história com algum sentido, mas a maneira como a autora foi alternando os POV's acabou por deixar tudo confuso. Além disso, achei o "mau da fita" muito fraquinho porque apesar da existência dos Adivinhos, a obra pareceu-me tudo menos sobrenatural e mais centrado na mente jovem dos adolescentes a entrar na puberdade que outra coisa.
Os crimes acabaram por ser o melhorzito, de qualquer forma, podiam ter sido muito mais desenvolvidos.
O papel de Mabel, apesar de obviamente secundário, foi na minha opinião um desperdício de tempo. No inicio ainda achei que Mabel e a sua família iriam ter algum papel mais significativo, mas no final acabou por desaparecer sem razão nenhuma e apenas serviu para Evie ter algum entrave para se envolver com o rapaz.
Estes "desaparecimentos" dos personagens no final do livro, foram subtis, mas mesmo assim achei que a autora não lhes colocou um fim (neste livro claro) decente. As histórias deles não acabam, mas também não continuam. Enfim, mais uma péssima estruturação das histórias e das personagens.
Mais uma vez, no inicio, gostei e achei bastante interessante a personagem de Will, mas novamente Libba Bray estragou tudo no final.
Portanto, a sinopse tão longa acaba por não adiantar nada de interesse do que se vai passar no livro. A personagem principal é uma miúda mimada que de vez em quando lá tem um rasgo de coragem e faz alguma coisa. O final foi prova e conclusão deste ponto.
Em relação a Theta, Isaiah e Memphis, tal como Sam e outros personagens supostamente com poderes também... enfim, personagens a mais que não tiveram um envolvimento assim tão grande no drama e tornaram tudo, tal como já disse, muito misturado e confuso.
No fundo, este livro com tanta acção e tantas personagens acabou por ser estragado pela maneira como a autora descreveu tudo, tornando-o entediante e demasiado juvenil para a carga psicológica e sobrenatural que John Perverso e os seus crimes acarretam.

 
Sinopse:
Evie O'Neill foi exilada da sua monótona e pacata cidade natal e enviada para as agitadas ruas de Nova Iorque - e fica radiante! Nova Iorque é a cidade dos bares clandestinos, das compras e dos cinemas! Pouco depois, Evie começa a andar com as glamorosas «Ziegfield Girls» e com atraentes carteiristas. O único problema é que Evie tem de viver com o seu tio Will, curador do Museu Americano de Folclore, Superstição e Ocultismo - também conhecido como «O Museu dos Arrepios», homem com uma pouso saudável obsessão pelo oculto.
Evie receia que ele descubra o seu segredo mais sombrio: um poder sobrenatural que até ao momento só lhe causou problemas. Porém, quando a polícia encontra uma rapariga morta que tem um estranho símbolo gravado na testa e Will é chamado ao local, Evie percebe que o seu dom pode ajudar a apanhar o assassino em série.
Quando Evie mergulha de cabeça numa dança com um assassino, outras histórias se desenrolam na cidade que nunca dorme. Um jovem chamado Memphis é apanhado entre dois mundos. Uma corista chamada Theta anda a fugir do seu passado. Um estudante chamado Jericho esconde um segredo chocante. E sem que ninguém saiba, algo sombrio e maligno despertou.

Título Original - The Diviners
Edição - Novembro 2013
ISBN - 9789892324692

https://www.goodreads.com/book/show/18588032-os-adivinhos

1 comentário:

  1. Olá! Sobre a Libba Bray, há previsão de continuação desta série "Adivinhos"? E irá sair o 3º livro da série "Gemma Doyle" pela mesma autora? Obrigada.

    ResponderEliminar

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!

Hoje fazemos 5 aninhos!

Bem vindas e bem vindos a mais um aniversário aqui do nosso cantinho, mais doce da blogosfera. Pois é, hoje comemoramos mais um ano...