31 de março de 2013

Na Fila... para Abril

Em Abril... livros mil!

Chegou o dia de revelarmos os bombons que vamos devorar durante este mês! 


Mafi




Ne


As escolhas recaíram sobre estes livros porque:
1. Foram escolhas pré-definidas para alguns desafios;
2. Alguns vão ser lidos em conjunto com outras pessoas;
3. Vão sair novos livros destes autores portanto queremos ler estes primeiro;
4. Queremos terminar certas sagas e continuar outras.

O que não quer dizer que não leiamos algumas novidades! Não conseguimos resistir!

E quais são os vossos planos de leitura?

Desafio Arco-Íris: Arco-íris Menina dos Policiais


A pilha colorida da Vera Brandão da Menina dos Policiais.

Obrigada Vera, mais uma vez.

Doce do Momento: A Sombra da Noite



Na escuridão da noite é quando surgem estas histórias de amor e mistério… Chamavam-lhe Némesis. Ele caminhava pelos becos escuros, sozinho, era a sombra entre as sombras, e era assim que gostava de viver. Até à noite em que salvou Deborah O’ Roarke das mãos de um criminoso e redescobriu a calma que residia no seu coração. Passara muito tempo desde que desejara estar com alguém… Deborah era uma idealista promotora do Ministério Público que fazia tudo de acordo com a lei, no entanto viu-se obrigada a fazer um acordo com um delinquente em troca de informação e a partir daí vê-se imersa num mundo perigoso que a levará a conhecer Gage Guthrie, o Némesis… Ela odiava a faceta oculta daquele homem que a salvara, não gostava daquela forma de fazer justiça… Será que podia apaixonar-se pelo fantasma que a salvara na Sombra da Noite?

Agridoce de Março

Ne: Março foi rico em livros em inglês e ebooks, por isso acabou por dificultar as minhas escolhas para esta rubrica. Vamos lá ver como me vou safar destas.

Mafi: Março passou num instante e foi o meu melhor mês em termos de leituras! Li muitos e bons livros e estou contente por isso e até foi difícil escolher o pior livro do mês! 

 
Ne: O MAIS DOCE até nem foi dificil de escolher. Dei 5* a dois livros, mas lembro-me perfeitamente dos sentimentos ao terminá-los e o que me deu mais satisfação foi o Predestinados de Josephine Angelini. A Juanitah já me tinha avisado, mas de facto a história é muito fofa, apesar de ser muito Twilight.

Mafi: Quanto ao livro MAIS DOCE o prémio vai para Milagre da R.J. Palacio porque é daqueles livros raros que encontramos de vez em quando e que nos deixam completamente pequeninas em relação a tudo. Gostei muito!


Ne: O MAIS AMARGO vai para um livro tuga - A Força do Amor de Jessica AS Inácio.

Mafi: O MAIS AMARGO vai para o Nas Asas da Memória de Sarah Sundin.

Doce do Momento: "Alguém como tu"

Alguém como Tu


«Estendi os braços e puxei-a para mim, abraçando-a. Apertei a minha melhor amiga com força, retribuindo tantos favores de uma vez…»

No Verão dos seus 16 anos, Halley desconhecia que aquele telefonema a meio da noite iria alterar a sua vida e a de Scarlett, a sua melhor amiga. A partir de então, nada seria como dantes. A morte de Michael Sherwood afectou toda a escola, mas sobretudo Scarlett, que foi a sua última namorada. Não podendo contar com uma mãe que ainda se procura a si própria, apenas Halley encontra a amizade e compreensão de que necessita.

Entretanto, também a vida de Halley se complica. Cada vez mais afastada da mãe e decidida a assumir a sua crescente maturidade, acaba por se envolver com o atraente e irreverente Michael Faulkner, cuja impetuosidade acabará por afastar aquelas que, até então, eram as melhores amigas. Conseguirá o tempo colocar tudo no seu devido lugar?

Uma obra que nos fala das grandes descobertas e dilemas da adolescência, mas que, acima de tudo, nos ensina que o mundo é um lugar mais belo para se viver quando se tem uma melhor amiga.

29 de março de 2013

Desafio Arco-íris: Arco-íris Fantástico



Depois de nos ter mostrado os seus romances contemporâneos, a Verónica Silva mostra agora um arco-íris sobrenatural! 

Obrigada mais uma vez Verónica!

Já sabem que se quiserem participar é só enviar as vossas pilhas! 

Opinião Contemporânea: "Novos Tempos" de Nora Roberts


Sempre achei estes romances que começam logo passado horas muito pouco convincentes. Se me dissessem que foi só paixão e passados meses é que eles viram que afinal era amor, mas passar uma semanita na cabana, a fazer sexo e a discutir, e quando finalmente saem dela dizem Amo-te um ao outro pareceu-me muito rebuscado. Mais rebuscado pareceu porque dois irmãos ficam com duas irmãs.
Que grande pontaria!!!

Mas toda esta ficção e conjunto de coincidencias são típicas de Nora Roberts, e por muito que eu diga que acho tudo demasiado óbvio e romântico não possa negar que gosto de ler coisas destas e que me entusiasmo da mesma forma e de todas as vezes.
 
Gostei dos pormenores relacionados com o facto dos pais de Sunny terem começado pobres e no futuro serem idolatrados. Tal como da reacção de Jacob para com eles. Imagino a minha reacção se voltasse atrás no tempo e me deparasse com a Jane Austen. Tinha uma apoplexia de certeza!
 
Gostei menos das descrições do futuro. A presunção de Jacob de que ou as coisas são fantásticas por serem raras no século dele ou as coisas são muitissimo ultrapassadas contribuiram para diminuir a minha consideração dele. Não me lembro de Caleb ter tido certas atitudes ou até certos pensamentos relativos aos componentes da cabana e até da civilização.

O final, de qualquer forma foi inesperado, no máximo.

Este dois livros, ou esta duologia, não foi, portanto, das melhores. Mas também não foi má de todo...
 
Sinopse no Doce do Momento.

Título Original - Times Change
Edição - Julho 2012
ISBN - 9788468705569

28 de março de 2013

Opinião Sobrenatural: "Wicked Lovely - Amores Rebeldes" de Melissa Marr




Em Wicked Lovely - Amores Rebeldes, Melissa Marr apresenta-nos Aislinn que desde pequena possui o dom de ver os seres encantados que habitam entre os humanos, invisíveis aos olhos destes. Mas neste mundo de fadas, estes seres enganam, e podem ser bastante matreiros.

Foi sempre ensinado à protagonista, três regras importantes, a de nunca despertar a atenção das fadas, não falar com elas e nem olhá-las. Claro que como todas as regras, foram criadas para serem quebradas, chega o da em que, apesar de ter sempre respeitado estes três deverem, Ash, é descoberta por Keenan, o Rei do Verão, que à nove anos que procura pela sua rainha e que sem surpresa nenhuma, a desejada é Aislinn. 

Amores Rebeldes by Melissa MarrEste é o ponto de partida para a série Wicked Lovely, composta por 5 livros que retrata este mundo de fadas que é interessante e desperta no leitor, aquele bichinho da curiosidade para saber o que vai acontecer a seguir.

A Aislinn não é das melhores protagonistas, mas também não é desinteressante, tem uma personalidade que é fácil de lidar. Toda a história dela com o Keenan não me interessou por ali além, talvez por não gostar de os ver juntos e estar a torcer pelo seu romance com Seth, o mortal com estilo de bad boy que eu tanto gosto. E claro que é um grande amigo e tem um óptimo coração. E talvez por Keenan ter outra amada, a rainha do Inverno. É um daqueles casos amorosos complicados mas típicos da literatura young adult.

As referências às lendas irlandesas, com informações sobre os seres principais desta série, complementam o livro, pois permitem entender este mundo. 

Concluindo, o livro O livro apresenta uma narrativa fluída, seguindo a estrutura de muitos livros semelhantes: rapariga normal, que só quer ser uma adolescente igual às outras, vê-se inserida num mundo que muitos desconhecem (aqui diferencia-se disso, pois Aislinn, sabe que as fadas existem) e que de um momento para o outro vê toda a sua vida a dar uma reviravolta gigante. 

Fico curiosa com os próximos livros.



REGRA # 3:
Não olhar para fadas invisíveis.
Desde que nasceu, Aislinn sempre viu fadas. Poderosas e perigosas, elas caminham ocultas entre os mortais. Aislinn tenta passar despercebida pois estes seres não gostam de ser descobertos e costumam castigar com crueldade as pessoas que detectam a sua presença.

REGRA # 2:
Não falar com fadas invisíveis. Agora as fadas perseguem Aislinn. O rei das fadas Keenan, aterrorizante e sedutor, tenta cativar Aislinn, fazendo perguntas que ela tem medo de responder.

REGRA # 1:
Nunca chamar a atenção delas. Agora é tarde demais... Keenan, o Rei do Verão anda numa busca incansável pela sua rainha há nove séculos e está determinado a converter Aislinn na sua rainha a qualquer custo.

Quando as regras secretas que sempre a tinham protegido deixam de funcionar, de repente está tudo em risco: a sua liberdade; o seu melhor amigo, Seth; a sua vida; tudo. Intrigas sobrenaturais, amores mortais, e confrontos entre reis antigos e expectativas modernas cruzam-se no enredo deste espantoso conto de fadas que Melissa Marr imaginou para o século vinte e um.

Wicked Lovely (Wicked Lovely, #1)Título Original: Wicked lovelyEdição: 2010ISBN: 9789896372583











Desafio Arco-Íris: Arco-íris Romântico


A Verónica Silva foi à procura do arco-íris na sua estante e encontrou estes livros coloridos!! 

E que bem que ficam todos juntinhos! 

Obrigada Verónica!!

Doce do Momento: "O Rebelde Irlandês" de Nora Roberts


Ela era uma herdeira rica, ele um rebelde irlandês

Ela era praticamente uma princesa, herdeira de uma fortuna e importante dinastia de criadores de cavalos, e ele era apenas um treinador de cavalos de corrida. Mas Brian Donnelly acabava de chegar aos Estados Unidos, onde esperava conquistar a belíssima Keeley Grant. A sua riqueza e posição social não dissuadiram Brian do seu objetivo... Embora tenha sido a inocência que ela lhe oferecia que seduziu o rebelde irlandês!

A Sair do Forno: "Um Dia Perfeito" de Nora Roberts


Quando eram crianças, as quatro amigas Mackensie, Emma, Laurel e Parker, passavam horas a imaginar como seria um dia de casamento perfeito. Anos mais tarde, as suas fantasias tornam-se realidade, mas de uma forma que não esperavam: criaram uma empresa de organização de casamentos e realizam os sonhos de outras mulheres.
Em Um dia Perfeito, ficamos a conhecer Mackensie Elliot, uma fotógrafa bonita e independente, que adora captar os momentos felizes e únicos que descobre nos casamentos. Mas tanta felicidade ao seu redor por vezes recorda-lhe um passado de amargura e que quer deixar para trás.
Quando conhece Carter Maguire, irmão de uma noiva, sente que um inofensivo flirt pode ser mesmo aquilo que precisa para tirar a cabeça de tantos casamentos. O que não esperava era que o coração lhe pregasse uma rasteira e exigisse algo que ela julgava impensável... Poderá Mackensie descobrir o caminho para a felicidade e rumar, um dia, ao altar?

Disponível a partir de 12 de Abril.

Blogulosa #2: Ni



Como te chamam?
Ni

Como chamaste o teu blog?
Tertúlias à Lareira  (http://tertuliasalareira.blogspot.com).

Foi o primeiro nome?
Sim.

Quando nasceste?
2/2/2012.

Descreve o teu homem de sonho em 3 palavras:
Eclético, actual, pessoal.

Diz-nos o que pensas da Mafi?
LOOOOOL é uma senhora extremamente feia para a tv e com uma inclinação demasiado imparcial :P
*Repete lá isso? E onde é que eu apareço na tv*
 Yoyo & Cici Emoticons 87

E da Ne?
Pelo ar, deve ser uma excelente dona de casa :P 
*As donas de casa têm um ar próprio é?*

Qual o teu emprego de sonho?
Qualquer um fechada entre quatro paredes e sem contacto com pessoas.
*Isso arranja-se facilmente*

Qual o topping preferido no gelado?
Branco.

Gostas de cozinhar?
Epá... tendo em conta o blog que tenho diria que... OBVIO :D
*Hum, dedicaste o teu blog à comida e não nos disseste nada?*

E ler?
Nem por isso...xD Yoyo & Cici Emoticons 100
*Essa é nova.*

Estás sentada neste momento?
Não... mas devia.
*Porquê? Ficas de castigo?*

Aqui fica a rima da Ni:
Posso escrever depois? xD eu envio-vos a rima hahaha :P
*Adorei esta rima. Não rima mas pronto.*

Opinião Sobrenatural: "Cobiça" de J.R. Ward


Cobiça está incluído no grupo de livros que são prejudicados pelas altas expectativas que temos antes de os ler.
Cobiça (Anjos Caídos, #1)Andei muito tempo a "namorá-lo" até que o comprei finalmente, mas temo que me tenha arrependido de o ter feito e ainda estou a pensar se o vendo ou se aguardo pelo volume seguinte da saga. Acho que vai ser a segunda opção, porque quero muito mudar a minha opinião.
Penso que a culpa é da outra saga da escritora, Irmandade da Adaga Negra, que no geral está muito melhor. Mas talvez esteja a ser injusta, pois na primeira saga a escritora apostou bastante na temática dos vampiros, estando bastante presentes nos livros. Neste caso, na saga dos Anjos Caídos, os anjos e demónios estão muito "softs", sem grande protagonismo, visto que o "anjo caído" Jim Heron acaba por não passar de um humano renascido e com uma segunda (e seguintes) oportunidades.
Por falar em Jim Heron, este foi o vencedor do lugar Personagem Preferido. Claro que o Vin é charmosíssimo e a cena em que ele vê pela primeira vez a "alma gémea" é a melhor de todas, mas o Jim tem aquele quê de herói duro mas fofo que nos faz suspirar quando ele salva toda a gente. Claro que o facto de ele morrer não ajuda muito, mas até acaba por dar uma certa animação e originalidade à obra.
Da escrita, das descrições e dos diálogos não tenho nada a apontar. Defendo que os POV's deviam ser um pouco mais homogeneos e não variar tanto. Nalgumas cenas preferia "estar" na cabeça de outra personagem, mas de qualquer forma não deixam de estar bons.
Ward, neste caso, perdeu um pouco tanto com o prologo como nas cenas mais sexuais. O primeiro pareceu-me um pouco forçado e deslocado do resto do livro e as segundas não favoreceram muito a personagem feminina. Além disso, o adiamento do primeiro encontro sexual do casal tornou-o menos significativo e marcante, para além de ter sentido pouca química da parte da personagem feminina.
Como podem ver, não achei nada de espectacular, mas por outro lado também não me desiludiu completamente. Acho que estava à espera de algo mais ficcional e com mais anjos e demónios e com menos humanos à mistura. Só resta esperar para ver... isto é, ler!

Redenção não é uma palavra que Jim Heron conheça muito bem. A sua especialidade é a vingança e, para ele, o pecado é relativo. Mas tudo muda quando se torna um anjo caído e é incumbido da tarefa de salvar sete pessoas dos sete pecados mortais... e o fracasso não é permitido.
Há muito que Vin diPietro se entregou ao trabalho... até que o destino intervém na forma de um autoproclamado salvador de aspecto duro e de uma mulher que o fará questionar o seu destino. Com uma entidade malévola pronta a reclamá-lo, Vin tem de unir forças a um anjo caído não só para conquistar a sua amada... mas também para salvar a sua alma.

Covet (The Fallen Angels, #1)Título Original - Covet
Edição - Agosto 2011
ISBN - 9789898228604





27 de março de 2013

Doce do Momento: "Um Pequeno Escândalo" de Patricia Cabot

Um Pequeno Escândalo

Quando a bela Kate Mayhew é contratada como dama de companhia de Isabel, a filha obstinada de Burke Traherne, o marquês vê-se numa situação impossível. Dividido entre saber que ela é exatamente aquilo de que Isabel precisa mas, para ele, a pior tentação possível, encontra-se constantemente perto de alguém que ameaça a sua independência. Conhecido pelo seu autodomínio férreo desde o dia em que apanhou a mulher com um amante, Burke jurou nunca mais arriscar-se a casar. Ao aceitar a oferta de emprego de Sua Senhoria, a temperamental Kate enfrenta dois perigos: sua atração irresistível por um homem que abdicou do amor, e um encontro com o seu próprio passado escandaloso... que ela não pode manter secreto para sempre.

Selo: Blog de outro Mundo



Mais um selinho para o Algodão! Obrigada Cata e Sandra!

Regras:

1- Colocá-lo no teu blog 
2- Referir o link  http://paginas-encadernadas.blogspot.pt/ e http://milestrelasnocolo.com/ (quem te enviou)
3- Dizer quais são as três coisas que mais gostas num livro e as três que mais odeias.
4- Passar o selo a 5 (ou mais blogs) que consideres «de outro mundo»

Mafi:
Coisas que gosto num livro:
  1. Aprender palavras novas;
  2. Um enredo que se note o planeamento;
  3. Personagens que me emocionem.
Coisas que odeio num livro:
  1. Cliffhangers do mal;
  2. Indecisões amorosas (decide-te por amor da santa!);
  3. Palha, enche-chouriços, o que lhes quiserem chamar!
Ne:
Coisas que gosto num livro:
  1. Humor inteligente;
  2. Descrições objectivas e directas;
  3. Enredos interessantes e originais.
Coisas que odeio num livro:
  1. Erros ortográficos;
  2. Pergonagens com personalidades fraquinhas;
  3. Diálogos tipo sms.
5 Blogues que considero do Outro Mundo:
  1. Illusionary Pleasure;
  2. Leitura Não Ocupa Espaço;
  3. Tertúlias à Lareira;
  4. Readings Sunchine;
  5. ArttemizaBook's.

Opinião Sobrenatural: "Predestinados" de Josephine Angelini


Predestinados foi um daqueles livros que deixamos sempre para segundo plano quando vamos buscar algum para ler. Não sei porquê, apesar da capa me ter cativado logo desde o inicio, quando prourava um livro metia o sempre de lado.
Mas finalmente peguei-lhe e ainda bem, porque adorei!
Sinceramente o enredo não é muito original, porque as semelhanças com Twilight são muitas, apenas diferindo por serem semi-deuses e não vampiros, mas o casa amoroso é bastante enternecedor e aquele amor proibido e a magia para os separar é que tornam tudo tão viciante.
Vamos então esmiuçar os pontos negativos.
Quando Helena finalmente quebra o feitiço e consegue estar perto da Casa inimiga começam as parecenças com a obra de Stephanie Meyer. Todos são lindos e perfeitos, ricos e fortes, que têm que fingir que são mais fracos para dar nas vistas e para os humanos ditos normais não estranharem.
O pai que cria a filha sozinho, com uma personalidade muito semelhante ao Charlie, ou a tentiva de juntar este com uma amiga, contribuem para estes déjà vús.
Felizmente, Helena não tem nada a ver com Bella, apesar de algumas inseguranças (daquelas que nos fazem revirar os olhos). Helena tem poderes e tal como o seu querido e respectiva família teve que os conter toda a vida.
A parte dos vôos também não me conquistou minimamente, mas as aulas de luta e as referências históricas são muito boas.
Gostei também do facto da linguagem de Josephine Angelini não ser demasiado juvenil. Nota-se que é um livro YA, mas o envolvimento dos adultos e a boa caracterização das personagens, mostrando que são adultas e maduras para idade tornam tudo menos infantil.
Adorei a melhor amiga de Helena, com nacionalidade diferente do que estamos habituados e com sentido de humor muito particular, esta vai-nos fazer rir e enternecer quando o irmão de Lucas a salva. Tão fofinhoooooos!!
O final veio estragar tudo, o melhorar - consoante as opiniões. Foi muito mau da parte da autora acabar assim este primeiro livro da trilogia. Obriga-nos assim, apesar de já esperarmos o que vai acontecer, a ansiar pelo segundo volume. Venha ele!

Sinopse no Doce do Momento.

Starcrossed (Starcrossed, #1) 


Título Original - Starcrossed
Edição - Outubro 2012

ISBN - 9789896573225





26 de março de 2013

Doce do Momento: "Rosa Irlandesa" de Nora Roberts


Poderia esta encantadora rosa irlandesa conquistar o coração do seu insensível marido?

A bela e audaz Erin McKinnon aceitou a proposta de casamento de Burke Logan e a sua fria promessa de segurança e riqueza. Burke Logan era um jogador, e a sorte tornara-o dono da Three Aces, uma das melhores coudelarias de Maryland. Ele viajou até à Irlanda para comprar cavalos, mas uma troca de olhares com Erin McKinnon's foi o pronuncio de que regressaria à América com muito mais do que cavalos. Erin McKinnon tinha os seus sonhos e as suas ambições, mas não tinha qualquer intenção de deixar a pequena cidade de Skibbereen! Ela sabia que Burke tinha todos os trunfos e que ir com ele para a América era uma proposta que ela não podia recusar. Burke Logan era um jogador, e desde o momento que os seus olhares se cruzaram, Erin soube que, mesmo que perdesse, acabaria por ganhar.

Opinião Contemporânea: "Reencontros" de Cathy Kelly


Cathy Kelly é daquelas autoras que mesmo não sendo de grande calibre e com livros que dificilmente ficam na memória, gosto de ler quando procuro alto leve e para desanuviar. Este livro é o terceiro que leio da autora e até agora não fiquei desiludida.

O que me deixa de pé atrás é que por vezes a autora pode alongar-se bastante em descrições e detalhes que nada ou pouco acrescentam à história. Isto aconteceu logo no início do livro onde as primeiras duzentas páginas são muito monótonas e que dificultam a leitura. Felizmente a narrativa começou a desenvolver e foi com gosto que acompanhei a história destas três mulheres!

Confesso que identifiquei-me mais com Connie e com a Rae. Não gostei muito da Megan ou pelo menos não criei muita empatia com esta. Quanto à Eleanor...gostei dela mas não vi a importância da sua presença na vida das outras mulheres, como a sinopse prometia.

É um livro fluído e que nos faz reflectir sobre a amizade e principalmente sobre a vida e o impacto que muitas das nossas acções precipitadas têm na vida dos outros.

De todos os livros que li a autora foca-se sempre na história de três mulheres...gostaria de ler outro registo da autora que não tivesse este tipo de narrativa. É um livro que gostei de ler mas apenas leva três estrelas por ser, como disse uma leitura que daqui a uns meses nem me vou lembrar, tal como não me lembro dos outros dois livros que li da autora.




HomecomingTítulo Original: Homecoming 
Edição: 2011
ISBN: 9789898228505




Desafio Arco-Íris: Arco-íris Robertiano


E pronto, não podia deixar de participar com uma Pilha Arco-Íris da Nora Roberts. Com os livros dela dá para fazer n pilhas destas. Aqui fica uma.

Doce do Momento: "Novos Tempos" de Nora Roberts


Teria de viajar no tempo e ir ao passado...

Jacob Hornblower viajou no tempo para procurar o seu irmão Caleb no passado com a esperança de o devolver ao seu lar e ao seu tempo. Mas, quando conheceu Sunny, apercebeu-se de que, inclusive para ele, que se julgava imune ao amor, corriam novos tempos... E possivelmente por isso tomar uma decisão seria ainda mais doloroso.

Opinião Young-Adult: "Celestial" de Cynthia Hand


Como sempre, a editora Saída de Emergência leva os meus parabéns pela fantástica capa. Considerando-me como uma fanática saudável de histórias sobre anjos (e nem falo do resto), este foi um livro que me cativou desde a primeira vez que o vi na livraria. Confesso que estava com um pé atrás, desde Imortal e Insaciável, que tiveram o mesmo efeito em mim e que depois resultaram em grandes desilusões. Mas Celestial não foi assim, e no fim até fiquei com pena de não o ter comprado e de ter agora um exemplar para mais tarde reler e me deliciar com os pormenores.
Vejo este livro como "a outra face de Hush Hush". Com isto não quero assustar ninguém, mas como leitora que achou o livro de Becca satisfatório, acho este um nível acima e com pontos muito mais positivos.
O trio amoroso lembrou-me um pouco o do Twilight, mas no final surgem novidades que me fizeram esquecer momentaneamente esse facto. Por falar em final, esse foi sem dúvida um ponto negativo. Muita coisa ficou em aberto, desde as amizades de Clara até o futuro de Christian e de Tucker.
A vida do liceu (desde a entrada até à adaptaçao de Clara) lembrou-me também a sério 90210, o que para mim não é bem um ponto negativo.
Os pontos fortes foram os pomenores angélicos: desde o P.O.V. da personagem principal que é um quarto de anjo, às suas descrições, aos seus sentimentos, às suas decisões, e às suas aventuras. As asas, o propósito, a Glória, são factores originais e diferentes que nunca li em nenhum lado. Claro que contribuem muito para o estereotipo dos anjos adultos (ou adolescentes), mas, de qualquer forma, não me importei, já que sou a favor dos elementos comuns e confortáveis numa história ficticia como esta.
A escrita de Cynthia é bastante fluida e confortável, e, como disse, as descrições são a sua caracteristica mais forte.

Clara Gardner descobriu há pouco tempo que é uma sangue-de-anjo. Ter sangue de anjo a correr-lhe nas veias, faz com que fique mais inteligente, mais forte e mais rápida do que os humanos. Significa também, que tem um propósito. Uma razão para ter sido colocada na terra. No entanto, descobri-lo, não é fácil.
As suas visões de um enorme incêndio florestal e de um rapaz atraente que ela não reconhece, levam-na para uma nova escola, numa nova cidade. Quando conhece Christian, o rapaz dos seus sonhos (literalmente), tudo parece encaixar no lugar - e, ao mesmo tempo, fora do lugar. Afinal, existe Tucker, outro rapaz que apela ao lado menos angélico de Clara.
Ela deseja apenas encontrar o seu caminho num mundo que já não compreende. Mas encontra perigos invisíveis e escolhas que nunca pensou ter de fazer - entre a honestidade e o engano, o amor e o dever, o bem e o mal. Quando o incêndio da sua visão finalmente acontecer, estará Clara preparada para enfrentar o seu destino?
Uma história comovente sobre o amor e o destino. Sobre a luta entre o desejo de cumprir as regras e o de seguir o coração. 

Unearthly (Unearthly, #1)Título Original - Unearthly
Edição - Fevereiro 2011

ISBN - 9789896373061







25 de março de 2013

Desafio Arco-íris: Cores do Romance!




E aqui damos o pontapé de saída para esta rubrica! E como vocês estão muito preguiçosos e tímidos e não nos querem mostrar as vossas pilhas  por vontade própria, criamos um selinho lindo! *evil laugh*

Pois é, as REGRAS são muito simples:

1. Referir quem vos deu o selo
2. Postar uma foto de uma pilha com as cores do arco-íris.
3. Passar o selo a 10 blogs super-hiper-mega coloridos!

Portanto aqui vai a Pilha do Algodão Doce para o Cérebro! 
 

Milagre de Amor - Eloisa James(Vernelho)
O Sabor da Tentação - Elizabeth Hoyt (Laranja) a puxar para o castanho
Aparição - Vergílio Ferreira (Amarelo)
Segredos do Passado - Deborah Smith (Verde)
Amor e Enganos - Julia Quinn (Azul) apesar de parecer branco
Fumo Azul - Nora Roberts (Indigo)
A Filha da minha melhor amiga - Dorothy Koomson (Violeta)

E os 10 blogs escolhidos são:

1. Páginas Encadernadas
2. Chaise Longue 
3. Os Livros Nossos
4. Desejos de Alma
5. Mil Estrelas no Colo
6. Silk and Magic
7. Illusionary Pleasure
8. Romances de Mesinha de Cabeceira
9. Tertúlias à Lareira
10. Refém das Letras

Doce do Momento: "Alma Rebelde"



No calor das febres que incendeiam a Lisboa do século XIX, Joana, uma burguesa jovem e demasiado inteligente para o seu próprio bem, vê o destino traçado num trato comercial entre o pai e o patriarca de uma família nobre e sem meios.
Contrariada, Joana percorre os quilómetros até à nova casa, preparando-se para um futuro de obediências e nenhuma esperança.
Mas Santiago, o noivo, é em tudo diferente do que esperava. Pouco convencional, vivido e, acima de tudo, livre, depressa desarma Joana, com promessas de igualdade, respeito e até amor.
Numa atmosfera de sedução incontida e de aventuras desenham-se os alicerces de um amor imprevisto... Mas será Joana capaz de confiar neste companheiro inesperado e entregar-se à liberdade com que sempre sonhou? Ou esconderá o encanto de Santiago um perigo ainda maior?

A Sair do Forno: "A Praia das pétalas de Rosa"



Todas as histórias de amor sofrem reviravoltas.
Depois de quinze anos de um grande amor e um casamento perfeito, Scott, marido de Tamia, é acusado de algo impensável.
De repente, tudo aquilo em que Tamia acreditava - amizade, família, amor e intimidade - parece não ter qualquer valor. Ela não sabe em quem confiar, nem sonha o que o futuro lhe reserva.
Então, uma estranha chega à cidade, para lançar pétalas de rosas ao mar, em memória de alguém muito querido e há muito perdido. Esta mulher transporta consigo verdades chocantes que transformarão as vidas de todos, incluindo Tamia que será obrigada a fazer a mais dolorosa das escolhas...

O que estaria disposta a fazer para salvar a sua família?

Mais uma desgraça para o mês de Abril! Sai dia 8!

Hoje fazemos 5 aninhos!

Bem vindas e bem vindos a mais um aniversário aqui do nosso cantinho, mais doce da blogosfera. Pois é, hoje comemoramos mais um ano...