28 de fevereiro de 2013

Na Fila... para Março

E já estamos em Março!

É incrível como o tempo passa a correr, mas a pilha cresce de dia para dia! Mesmo assim os livros para este mês já estão escolhidos e aqui estão eles!
A prioridade será conjugar novidades com livros mais antigos que se encontram amontoados na estante! Temos desde o romance histórico até ao romance contemporâneo, passando pelos young-adult e eróticos e claro não poderia faltar um livro de um autora portuguesa!

Ne:



Mafi:



Que acham das nossas escolhas literárias? Há algum que tenham mais curiosidade? E contem-nos os vossos planos para este mês, queremos saber tudo!

Agridoce de Fevereiro

Ne: Este mês foi equilibrado, houve um pouco de tudo e para todos os gostos. Desde um romance histórico que não prestou para nada, como outro que adorei e me fez ficar com lagriminha no canto do olho.

Mafi: Fevereiro foi um mês um pouco ambíguo... mantive um bom ritmo de leitura que me permitiu ler mais de 10 livros num mês com menos dias mas grande parte das leituras não foram nada de especial e por isso foi um pouco difícil escolher o melhor livro, pois não dei 5 estrelas a nenhum. 

Ne: Fiquei na dúvida entre escolher para o MAIS DOCE O Sedutor de Madeline Hunter e o Milagre de Amor de Eloisa James, mas como este último foi... bem, o último, e o que tenho recordações mais emotivas descobri escolhê-lo. Principalmente, porque os outros dois livros que li da autora não me fizeram fã, enquanto que Madeline Hunter já tinha uns óptimos e outros menos bons no reportório.
Mafi: O MAIS DOCE de Fevereiro vai para O Desejo da Nicole Jordan, é um bom romance histórico e fiquei bastante satisfeita com ele e por isso é o mais docinho de um mês que não me trouxe grandes descobertas literárias!


Ne: Ui! Esta é facílima. Como Tentar um Duque de Kasey Michaels é o eleito. Ai o meu rico dinheirinho e o meu rico tempo. Nem para o Duelo de Titãs serviu. Tive que estar a alterar as verdades, porque nem material masculino decente tinha. Humpf! O MAIS AMARGO sem dúvida.



Mafi: Como Tentar um Duque é o livro MAIS AMARGO do mês porque simplesmente não vale os 2€ que dei por ele. Foi um livro mau e que me fez arrumar a autora (pelo menos traduzida pela Harlequin, se outra editora apostar em Kasey Michaels sou capaz de ler) a um canto até voltar a sentir curiosidade pelos seus livros. 

A Sair do Forno: "S.E.C.R.E.T"

«S.E.C.R.E.T.», um clube secreto que ajuda mulheres a realizar as suas fantasias sexuais


«Pela primeira vez, as mulheres estão no comando e sabem o que querem sobre sexo… 
… E os homens fazem tudo para as satisfazer.»

Esta é a premissa de «S.E.C.R.E.T.» (cada letra da sigla representa um critério para seguir à risca: Segura, para que a participante não se sinta em perigo; Erótica, porque a fantasia é de natureza sexual e não apenas imaginária; Convincente, porque a participante deseja mesmo completá-la; Romântica, porque a participante sente-se desejada; Extática, porque a participante sente alegria no acto; Transformadora, porque a participante muda de maneira fundamental), um clube secreto que se dedica a ajudar mulheres a realizar as suas fantasias sexuais mais loucas e íntimas, em dez passos, que são os seguintes:

Primeiro Passo: Rendição
Segundo Passo: Coragem
Terceiro passo: Confiança
Quarto Passo: Generosidade
Quinto Passo: Ousadia
Sexto Passo: Convicção
Sétimo Passo: Curiosidade
Oitavo Passo: Bravura
Nono Passo: Exuberância
Décimo Passo: Decisão

Sai a 7 de Março

Opinião Histórica: "O Sedutor" de Madeline Hunter


O primeiro de uma saga que promete.
O Sedutor veio animar a chama já meio apagada em relação às obras de Madeline Hunter. Sinceramente, e pelas minhas últimas opiniões podem ver, já andava um pouco sem esperança em relação a esta autora. Com um começo tão bom com Jogos de SeduçãoAs Regras da Sedução, tenho vindo a gostar cada vez menos dos seus romances. Talvez pelos seus personagens masculinos tão rudes, ou pelas personagens femininas com personalidades tão fracas. Mas, felizmente, este primeiro volume da saga The Seducers mostrou que Madeline Hunter ainda me consegue agarrar... e bem.

A sinopse apesar de não prometer algo muito entusiasmante, acabou por servir como introdução mais soft para algo mais complexo. Nesta obra encontramos um personagem masculino com um Passado obscuro e cheio de segredos, tal como segundas intenções relativamente à nossa Diane, jovem-mulher obstinada e corajosa, com ideias fixas, mas falta de experiência e inocência a mais.

Nada disto é novo de facto, tal como não é novo a transformação de um homem frio e de poucos sorrisos, calculista, em homem apaixonado pela sua pupila que o leva a alterar mais que uma vez os seus planos. Pode não ser original semelhante história, mas a maneira como nos contam a história, as várias amostras de amor e leadade, tal como o sentimento de família e de amizade, conseguem derreter qualquer coração mais céptico e fazer-nos adorar cada página desta história.

Sinceramente, não tenho pontos negativos a apontar.

É um romance de época constante, com muitos pontos altos, que conseguem afastar o rótulo de monótono. Apresenta-nos não só sentimentos mais cor-de-rosa, mas outros como a vingança e o mau carácter.

Adorei a história da irmã de Daniel tal como a sua relação com Paul. Aqui surpreendeu-me porque estava à espera de uma relação amorosa paralela à principal. Mas a autora acabou por não inserir mais um cliché e mostrar, por isso, a outra versão mais forte da personagem feminina que supostamente seria a mais fraca.

Sinopse no Doce do Momento.

The Seducer (Seducers #1)



Título Original - The Seducer
Edição - Outubro 2012
ISBN - 9789892318462




27 de fevereiro de 2013

Duelo de Titãs II: Inscrições

Após termino do Duelo de Titãs I, a Ne chega-se à frente da turma e diz:

"Gostaram?????"

E a turma:

"Simmmmmmmmm"

Wan Wan Emoticons 13Wan Wan Emoticons 13Wan Wan Emoticons 13

E a Ne:

"Querem mais????????"

E a turma:

"cri cri cri" (silêncio)

Wan Wan Emoticons 20

A temática deste Duelo de Titãs - Temporada II vai ser nada mais, nada menos, do que Romances Paranormais!!!!!!! Por isso vai haver:

www.comunique9.com.br
"... cri cri cri ..."
Wan Wan Emoticons 35
Pronto ok, vai haver Supernatural Party, com os nossos convidados especiais:



"Mafiiiiii, ajuda-me a separá-las!!!! Cambada de esfomeadas, deixem o meu Dean em PAZ!!!!"
Onion Head Fanmade Emoticons 10Onion Head Fanmade Emoticons 10Onion Head Fanmade Emoticons 10
mesmo na bochecha!

Pronto, pronto, mais calmas? Ora bem, vamos então relembrar as regras:

- Começo da leitura do Romance Sobrenatural no dia 8 de Março;
- Duelo de Titãs, aqui no Algodão Doce, no dia 16 de Março, às 21h30;
- É proibido chamar nomes feios, excepto à Catarina (just kidding... podem chamar à Mafi que eu deixo!);
- O Duelo vai ter uma duração de 1h00, certinha.

Vamos então às inscrições. Façam fila ordenada por favor e indiquem Nome/Nick e Título do livrinho.

 photo tumblr_inline_mi1aua32ol1qz4rgp_zpsd99c8184.gif

As Criaturas envolvidas neste confronto épico serão:

Ne - Predestinados (Semi-deus)
Mafi - Dante Raintree (demónios)
Fernanda Rocha - O Diabo do Rio (lobisomens)
Catarina Abreu - A Cruz de Morrigan (vampiros)
Adeselna - Big bad wolf (Lobisomens)
Juanitah - Príncipe Mecânico (Nefilim)
Elizabete - Clube de Sangue (Vampiros)
KenjiGirl - Na sombra do pecado (Vampiros)
Zana - Shadow Heir (Fae)
Clarinda - O beijo da meia noite (vampiros)


Opinião Sobrenatural: "O Beijo da Meia-Noite" de Lara Adrian


Vampiros. Humanos. Renegados. Esbirros.
Estas são as "raças" que preenchem O Beijo da Meia-Noite.
Não vou negar o déjà vú com o primeiro volume da colecção da Irmandade da Adaga Negra, mas posso dizer, em defesa de Lara Adrian, que esta lhe adicionou alguns pormenores novos. Estes não são muito originais, mas conseguem fazer um mínimo de diferença que faz com que esta nova colecção não seja catalogada completamente como "mais do mesmo" e sim "parecido com".
Neste primeiro volume, o factor erótico não é muito desenvolvido ou aprofundado, dando oportunidade à acção e ao drama de se mostrarem mais.
As "companheiras de raça" e a sua marca foram pontos positivos, tal como o facto do grupo de machos protagonistas ser composto por homens solteiros e não solteiros. Além disso, o destino que  nos é mostrado de alguns também veio contribuir para distinguir esta obra da referida de J.R. Ward.
A morte, a traição intima, o passado das personagens principais, tal como das suas famílias, contribuem para uma história mais completa, interessante e emocionante.
A revelação final foi surpreendente. A identificação da personagem vilã é-nos de alguma forma ocultada, o que poderá prender o leitor até ao fim.
A leitura é bastante fluída. Tanto as descrições, como os cenários, os diferentes tipos de relações, os vilões e o rol de personagens contribuem para uma obra agradável e confortável.
Não gostei da evolução da relação principal, visto que começou com bastante emoção e clímax, mas no final transformou-se quase completamente em algo lamechas. Claro que gostei do final feliz, mas este foi demasiado óbvio e final.
O uso excessivo das palavras "calidez", "imprecações" e os seus derivados, tornou o texto um pouco repetitivo. Ignoro se este facto é responsabilidade da tradutora ou da autora.
O excerto do próximo volume que nos é facultado no final do livro, deixa-nos sem dúvida com curiosidade em relação à sua continuação.

Gabrielle Maxwell, uma reconhecida artista de Boston, celebra o êxito da sua última exposição exclusiva. Entre a acalorada multidão, sente a presença de um sensual desconhecido que desperta nela as fantasias mais profundas. Mas nada relacionado com essa noite nem com esse homem é o que parece. À saída, Gabrielle presencia um homicídio e, a partir desse momento, a realidade converte-se em algo escuro e mortífero, e ela entra num submundo que nunca soube que existia, habitado por vampiros urbanos. Lucan Thorne é um vampiro, um guerreiro da Raça, que nasceu para proteger os seus – assim como os humanos que com ele coexistem – da crescente ameaça dos vampiros renegados. Lucan não pode correr o risco de unir-se a uma humana, mas quando Gabrielle se converte no alvo dos seus inimigos, não tem escolha e é forçado a levá-la para esse outro mundo que lidera, no qual serão devorados por um desejo selvagem e insaciável.
Nos braços do formidável líder da Raça, Gabrielle irá enfrentar um extraordinário destino de perigo, de sedução e dos mais sombrios prazeres...
Parte humana, parte extraterrestre, a raça vive entre a humanidade há milhares de anos, mantendo uma paz provisória baseada no sigilo, no poder e na justiça feita pelos formidáveis guerreiros da Ordem.
Mas agora está prestes a começar uma guerra de sangue dentro da Raça. Os vampiros estão a tornar-se Renegados em cada vez maior número, alimentando-se indiscriminadamente, matando humanos nas ruas. Cabe à Ordem parar a propagação da ameaça de dominação dos Renegados - e, ao fazê-lo, cada um dos guerreiros será forçado a enfrentar os seus demónios, os seus segredos mais obscuros, os seus medos mais profundos. Alguns conhecerão o triunfo, outros a perda, mas cada guerreiro pode contar com uma coisa: o amor, quando o encontra, vem muitas vezes no pior momento possível, com a mulher menos provável… e fará ajoelhar cada um desses poderosos machos.

Kiss of Midnight (Midnight Breed,  #1)



Título Original - Kiss of Midnight
Edição - Janeiro 2011
ISBN - 9789898228437

A Sair do Forno: "Férias em Saint-Tropez" de Elizabeth Adler

Férias em Saint-Tropez



Numa villa em St. Tropez, no sul da França, cinco turistas que não se conhecem - todos eles a fugirem da sua vida do dia-a-dia - veem-se reunidos à força no pequeno Hotel dos Sonhos. Chez Violette parecera ser o refúgio perfeito para o detetive privado Mac Reilly e a sua namorada/parceira, Sunny Alvarez, e para os seus cães Pirate e Tesoro. Sunny chega primeiro e descobre que foram enganados, juntamente com várias outras pessoas que julgaram estar a alugar aquela elegante casa na Riviera francesa. De repente e de forma inesperada, são forçados a solucionar um crime e a desvendar um homicídio, tendo como pano de fundo a soalheira e glamorosa Saint- Tropez.

Sol e calor a partir de 8 de Março

26 de fevereiro de 2013

Pilha Cerebral: "Anjos Literários"



Mais uma pilha que nos chega através da Isabel do blog Os Livros Nossos com uma foto bem caprichosa, onde não só nos mostra os anjos literários que habitam nas suas estantes como figura um anjo dourado! 

Hmm tantos anjinhos que aqui estão! Nem sabemos qual escolher! 

Só a nós é que não nos cai nada do céu! :P 

Quais já leram? 

A Sair do Forno: "Marés Perigosas" de Christine Feehan



Sete irmãs…
Venha conhecer a história de Libby Drake, a mais bela,
misteriosa e sensível das irmãs Drake
A Dr.ª Libby Drake é uma mulher sensível e prática. Para as suas irmãs muito mais aventureiras, ela sempre foi a «rapariga bem-comportada». Certamente que não a veem como uma mulher capaz de atrair a atenção de um génio como Ty Derrick – até um acidente trágico deixar o atraente bioquímico à sua mercê.
Ao ajudá-lo, ela vai avivar os desejos há muito reprimidos do recém despertado Ty pela mulher que lhe salvou a vida. Mas ele não é o único homem que anda de olho em Libby Drake. Ela captou igualmente a atenção de um admirador perigosamente influente. Alguém que persegue
a sua beleza elementar e tem algum objetivo perverso. E está disposto a tudo para o conseguir.
Com a sua combinação sensual de romance e suspense de cortar a respiração, a campeã de vendas número um do New York Times, Christine Feehan, chega com ousadia onde nenhum outro escritor chegou. Desta feita apresenta-nos Libby Drake, uma das mágicas irmãs Drake – todas elas encantadas por profecias de amor…

Lançamento a 5 de Abril! 

Primeiras Impressões: "Nas Asas do Amanhã" por Mafi



Mais um livrinho para a biblioteca digital do blog! Sim eu compro ebooks em português. 
Finalmente chega-nos o terceiro e último livro da trilogia e estou curiosa para lê-lo. Já li o 1º e o 2º e se adorei um, detestei outro. Em breve opinião dos três livros.

O Título:

Na linha dos outros livros e relacionado com a temática do livro, aviões.

A Capa:

Gostei da capa, está bem romântica e enquadrada na época em que se situa o romance.

A Sinopse:

Li assim por alto, sei que se trata do terceiro irmão e que também é aviador. 

A Paginação:


Capítulos bem identificados, a letra está boa mas no tablet posso aumentar ainda mais! 


Dúvidas/Expectativas:

Espero e rezo (ahaha) que este livro não tenha tanta religião como o 2º... não tenho paciência para dúvidas e dramas religiosos. Espero que a moça não seja uma mary sue e que o romance seja algo de jeito. Quero reaver as outras personagens dos livros anteriores e um happy ending para todos! :P 

Doce do Momento a Duas: "Inocência Perdida" de Nora Roberts

inocencia_perdida

Na pequena cidade de Innocence, no Mississípi, os dias são compridos,as noites perfumadas e os segredos difíceis de preservar. Mas quando um assassino brutal ceifa as vidas das mulheres mais bonitas do local, amigos e vizinhos são obrigados a perguntar-se se se trata de um estranho à espreita no pântano... ou de alguém mesmo ali ao
lado.

Esgotada por uma carreira frenética como violinista, Caroline Waverly chega a Innocence na esperança de que a casa da sua falecida avó lhe providencie a tranquilidade de que tanto precisa. Mas Innocence tem algo mais para lhe oferecer: o bonito e encantador Tucker Longstreet. 

Tucker é conhecido pelos seus romances curtos e superficiais. Mas quando vê Caroline sente que ela é diferente de todas as mulheres que conheceu. A reservada violinista também sente uma excitação inesperada ao pé dele, mas quando descobre a terceira vítima nas águas pantanosas por trás da sua casa e Tucker é considerado o principal suspeito, o seu caso de Verão pode transformar-se num caso de… vida ou morte.

Opinião Histórica: "Milagre de Amor" de Eloisa James


Ora que surpresa foi esta leitura.

O começo não prometeu nada de bom e como já vinha algo escaldada de outras duas obras de Eloisa James não acreditei quando a Paula Ferreira se viciou e disse que era tudo tão bom.

Afinal ela tinha razão! Fora o facto das personagens não terem diálogos tipicos deste tipo romance de época, de resto a história é fantástica, tal como o romance em si.

Milagre de Amor tem humor, tem história, tem drama e tem romance em quantidades industriais.

Milagre de AmorAqui não há como não gostar de Linnet ou Piers, e muito menos de Prufrock. São todos muito caricatos, com personalidades e atitudes fora do normal. Mas tal como nos rimos com a troca de galhardetes entre o nosso par amoroso, ou entre Piers e o seu mordomo/espião, ou entre Linnet e a sua tia, ou... pronto, já perceberam... temos momentos de lagriminha ao canto do olho e de coração apertado.

É, portanto, uma obra cheia de emoções semelhantes e diferentes, com personagens inesquecíveis, momentos inesquecíveis, e, cenários que ajudam a situar-nos e a desejar lá estarmos - aqui refiro-me à piscina à beira-mar, claro!

Tenho que referir também a parte médica. Achei engraçadissimo as passagens das curas daquele tempo, mas também consegui imaginar muito bem o que as pessoas naquele tempo passavam sem a medicina que temos no século XXI. A última cena com Linnet é particulamente angustiante.

Em relação à história da Bela e do Monstro em que a escritora de inspirou posso afirmar que esta inspiração não está muito óbvia, mostrando a originalidade e sentido do humor de Eloisa James, por esta versão tão única. As semelhanças poderão estar presentes no mau feitio e físico de Piers, o Monstro, tal como na beleza de Linnet, a Bela, ou na figura do mordomo e outros pequenas particularidades de certos personagens. De qualquer forma, o final é lindo e muito, mesmo muito romântico.

Citações Preferidas:

"- Aquela em que lhe chamava idiota? - Perguntou Piers. - Também leste essa, doninha pestilenta?
- Hoje está muito poético - observou Prufrock." página 24

"- Boa noite, noiva.
- Belzebu - disse ela, inclinando a cabeça. Havia um sorriso secreto nos seus olhos.
- Fui despromovido. - disse ele, indolentemente (...)." página 170

Sinopse no Doce do Momento a Duas.

When Beauty Tamed the Beast (Fairy Tales, #2)



Título Original - When Beauty Tamed the Beast
Edição - Julho 2012
ISBN - 9789897260162




25 de fevereiro de 2013

Doce do Momento: "A Voz" de Anne Bishop


Uma novela pertencente ao mundo Efémera.

Numa aldeia vizinha da cidade de Visão ninguém conhece o sabor da mágoa e da angústia, mas essa comunidade, aparentemente idílica, esconde um segredo tenebroso. Quando era pequena, Nalah não percebia porque a mandavam levar um bolo à menina muda a quem chamavam «A Voz» sempre que se sentia mal. Sabia apenas que isso a ajudava a melhorar. Já crescida, desvenda esse mistério e anseia por fugir da aldeia opressiva onde sempre viveu. Só depois de visitar a cidade de Visão e de conhecer o Templo das Mágoas, compreende o que tem de fazer para se libertar...

Opinião Sobrenatural: "Insaciável" de Meg Cabot

Uma desilusão.

Insaciável não é nada do que estava à espera. Pouco original, pouco sério, mal desenvolvido, que pareceu satirizar, e muito, a temática vampírico e de novelas. Esperava uma versão nova de vampiros, ou até uma história que não abrangesse tanto este assunto e que nos surpreendesse, mas nada disto foi feito.
Ri-me bastante com os diálogos, principalmente quando supostamente há muita tensão e acção, mas de resto existem demasiadas repetições, e mesmo o par principal fica muito confuso e sem uma conclusão final. Ou seja, nem sabemos para onde ele vai, nem com quem ela fica, nem o futuro dela (mais concretamente)... é tudo muito incompleto e fútil.
As cenas de mais acção são escassamente descritas, ou então a descrição é demasiado exagerada e fantasiosa, ou até mesmo infantil. A cena que melhor descreve esta situação é quando Lucien se transforma em grande, por assim dizer, o que torna tudo, e até a personagem, um pouco ridícula.
Em termos de linguagem, não gostei muito porque esta não me parece muito adequada à media de idades das personagens, principalmente das principais.

Está farto de ouvir falar em vampiros? Meena Harper também. Mas os seus patrões obrigam-na a escrever sobre eles na mesma, apesar de Meena não acreditar na sua existência.
Não é que Meena seja alheia ao sobrenatural. O que se passa é que ela sabe como vamos morrer. (Claro que não acreditamos nela. Nunca ninguém acredita.) Nem o dom da premonição de Meena pode contudo prepará-la para o que sucede quando ela conhece Lucien Antonescu (e depois comete o erro de se apaixonar por ele), um príncipe dos dias de hoje com um lado negro. Trata-se de um lado negro pelo qual muitas pessoas, como por exemplo uma antiga sociedade de caçadores de vampiros, preferiam vê-lo morto.
O problema é que Lucien já está morto. Talvez seja por isso que é o primeiro tipo que Meena conhece com quem se imagina a ter um futuro. É que, apesar de Meena ser capaz de ver o futuro das outras pessoas, nunca conseguiu ver o próprio.
E apesar de Lucien parecer ser tudo o que Meena sonhou encontrar num namorado, poderá acabar por ser um pesadelo. Esta poderá ser uma boa altura para Meena começar a prever o seu próprio futuro…
Se é que o tem.

Título Original - Insatiable
Edição - Novembro 2010
ISBN - 9789722522380

24 de fevereiro de 2013

Opinião Erótica: "Força do Desejo" de Jess Michaels




Podem relembrar as Primeiras Impressões, a minha opinião do Tabu e a sinopse do Força do Desejo aqui.

Desde quando é que as partes intimas de homem e mulher sabem ao mesmo e ainda por cima a terra? Não tinha outro adjectivo?

"...enterrar bem fundo o meu membro na tua bichana" O-M-G! O que me ri. Há tempos que não ouvia esta expressão...

Como podem ver, esta leitura foi algo muito peculiar. Cheio de acontecimentos caricatos, mas nem por isso originais. Força do Desejo está portanto ao mesmo nível do volume anterior. Muito sexo, muita descrição e história... nem vê-la... ou então vislumbrá-la.

Desde o inicio do encontro entre Beatrice e Gareth que eu vi que dali não ia resultar coisa boa. Ora uma menina de boas famílias, frustrada com esta e com os homens, virgem, já se masturba há que tempos? Ou eu sou inocente ou Jess Michaels conseguiu transmitir a queda desta personagem para a perversidade (naquele tempo, já que hoje em dia estas coisas são normalíssimas para alguns). E logo na primeira aquilo resulta tão bem? Hum, desculpem mas eu tive que revirar o belo do olho perante estas cenas.

Mas enfim, o que podemos esperar de um livro erótico? Só coisas destas de facto, tal como descrições muito ao género de Sheri Whitefeather.

Não me quero, por isso, repetir, portanto digo que este volume é muito semelhante ao anterior. Com história fraca, boa apresentação dos personagens mas muito mau desenvolvimento destas. Não digo que as poucas referencias às irmãs de Beatrice não enriqueceram o enredo ou até a história, mas o confronto entre Gareth e o futuro cunhado pareceu-me muito forçado e teatral, tal como a relação entre as irmãs, já para não falar no rapto e Passado de Gareth.

Enfim.

Resumindo, se querem uma história cheia de pormenores sexuais, com inícios de práticas, tudo bem. Se querem uma história "histórica" então não vos aconselho semelhante obra, visto que isto é 1% de material fiel à época ou a outros romances deste género. Enquadra-se muito mais nos romances eróticos!



Nothing Denied (Albright sisters #3) 
 
 
Título Original: Nothing Denied
Edição: Março 2012
ISBN: 9789898228802








23 de fevereiro de 2013

Opinião Erótica: "Força do Desejo" de Jess Michaels



Depois de ter ficado agradavelmente surpreendida com o primeiro livro que li desta autora, as expectativas para esta leitura eram grandes. 

Força do Desejo apresenta um enredo já há muito contado por outras autoras mas que ainda assim me entreteve e prendeu, de tal forma que despachei o livro num só dia. Temos Beatrice Albright, a irmã do meio que há anos que se encontra solteira e não há perspectivas de sair debaixo da asa da mãe, já Gareth Berenger é menosprezado pela sociedade depois de ser acusado de um crime que não cometeu. Ambos tem motivos de sobra para um casamento de conveniência.

Achei este livro bem mais erótico que o Tabu, o início da história é bom, apresenta-nos as personagens e os motivos destas mas mal começam a envolver-se, o enredo torna-se bastante ousado, onde as cenas de sexo repetem-se desde o meio do livro até ao fim. Gostava que o livro tivesse mais história e mais romance, pois não senti grande amor entre os protagonistas. Desejo e luxúria sim, mas amor não. Nem o toque de acção que se deu mais para o final do livro, compensou a falta de conteúdo e por isso achei o livro com menos qualidade. 

No fim, aparece uma cena com todas as irmãs e fiquei com pena por não saber a história de as outras raparigas Albright. Ainda consigo perceber porque é que "Tabu" foi editado fora de ordem, pois não está ligado com nenhum destes, agora "Força do Desejo" é o 3º de uma trilogia e ficamos um pouco à nora com os laços familiares das outras irmãs, especialmente de Miranda que intervém no livro. Enfim mais uma um caso de séries não editadas  ordenadamente em português para juntar ao rol de tantos outros. Mesmo assim fico à espera de um próximo livro de Jess Michaels, desejando que este seja o mais fraco da autora.



Ao entrar na sua sétima temporada sem namorado, Beatrice Albright começa a entender que a sua beleza não compensa a sua personalidade irritável. Na qualidade de mulher desesperada que ninguém deseja, tem de procurar um homem com quem nenhuma outra pessoa casará: o desprezado e misterioso marquês Highcroft, Gareth Berenger. Correm boatos de que ele é um assassino, mas Beatrice tem mais receio de ficar uma velha solteirona na companhia da mãe, do que da obscura reputação de Berenger.

Contudo, embora se sinta intrigado pela sedutora proposta da jovem, também ele tem uma proposta a fazer. Dotado de gostos particulares, não casará com nenhuma mulher incapaz de os satisfazer. A sua noiva tem de ser aventureira, sem medo de nada e ansiosa por experimentar todas as paixões e prazeres imaginários, por mais chocantes e proibidos que possam parecer. Se Beatrice concordar em tentar a experiência – se conseguir eliminar todas as suas inibições – os dois casarão.

Por conseguinte, os dados estão lançados enquanto Beatrice e Gareth embarcam num percurso erótico onde o perigo os espreita a cada curva, rumo a um mundo de êxtase, onde nada é proibido… nada é negado.



Nothing Denied (Albright sisters #3)Título Original: Nothing Denied
Edição: Março 2012
ISBN: 9789898228802







Banda Sonora: "Candy Shop" by Madonna

Outra cantora de topo, que adora ir à Candy Shop.



See which flavor you like and I'll have it for you
Come on into my store, I've got candy galore
Don't pretend you're not hungry I've seen it before
I've got Turkish delight baby and so much more

Get up out of your seat (your seat)
Come on up to the dance floor
I've got something so sweet (so sweet)
Come on up to the front door
I need plenty of heat (heat)
Form a special connection
Just start moving your feet (your feet)
Move on over to me

I'll be your one stop (one stop)
Candy shop (candy shop)
Everything (everything)
That I got (that I got)
I'll be your one stop (one stop)
Candy store (candy store)
Lollipop (lollipop)
Have some more (have some more)

All the suckers are not what we sell in the store
Chocolate kisses so good you'll be beggin' for more
Don't pretend you're not hungry there's plenty to eat
Come on in to my store 'cause my sugar is sweet

Get up out of your seat (you seat)
Come on up to the dance floor
I've got something so sweet (so sweet)
Come on up to the front door
I need plenty of heat (heat)
Form a special connection
Just start moving your feet (your feet)
Move on over to me

I'll be your one stop (one stop)
Candy Shop (candy shop)
Everything (everything)
That I got (that I got)
I'll be your one stop (one stop)
Candy store (candy store)
Lollipop (lollipop)
Have some more (have some more)

Sticky-sticky-sticky-sticky and sweet [Dance Dance] (my sugar is raw)
Sticky and sweet (my sugar is raw)
Sticky and sweet (my sugar is raw)
Sticky and sweet (my sugar is raw)
Sticky-sticky and sweet [Dance Dance] (my sugar is raw)
Sticky and sweet (my sugar is raw)
Sticky and sweet (my sugar is raw)
Sticky and sweet (my sugar is raw)
Sticky and sweet [Dance Dance]

See which flavor you like and I'll have it for you
Come on into my store, I've got candy galore
Don't pretend you're not hungry, I've seen it before
I've got Turkish delight baby and so much more

Get up out of your seat (your seat)
Come on up to the dance floor
I've got something so sweet (so sweet)
Come on up to the front door
I need plenty of heat (heat)
Form a special connection
Just start moving your feet (your feet)
Move on over to me

I'll be your one stop (one stop)
Candy shop (candy shop)
Everything (everything)
That I got (that I got)
I'll be your one stop (one stop)
Candy store (candy store)
Lollipop (lollipop)
Have some more (have some more)

Sticky-sticky-sticky-sticky and sweet [Dance Dance] (my sugar is raw)
Sticky and sweet (my sugar is raw)
Sticky and sweet (my sugar is raw)
Sticky and sweet (my sugar is raw)
Sticky-sticky and sweet [Dance Dance] (my sugar is raw)
Sticky and sweet (my sugar is raw)
Sticky and sweet (my sugar is raw)
Sticky and sweet (my sugar is raw)
Sticky and sweet [Dance Dance]

You
Peace to the gummy little kid
That be dancin' on the corner on the UK
And the USA
Hah
France I see you
Japan
All around the world
You know who it is?
Yes sir
It's the M - A - D - O - N - N - A
You ready?
Let's go
Aye


Fonte

Opinião Contemporânea: "Um Erro Inocente" de Dorothy Koomson


Comecemos pelo titulo. Nem sempre a escolha deste é fácil, principalmente quando se insiste em não adoptar a tradução do original, mas ao contrário do que aconteceu com o The Cupid Effect (em Portugal, O Amor Está no Ar), Um Erro Inocente acabou por despertar muito mais a atenção e ser muito mais agradável que a tradução de The Ice-Cream Girls.

A capa por sua vez, já minha conhecida da versão original, não desiludiu em nada. A predominância de cores suaves e alegres traz-nos à lembrança... gelados!
Para quem já leu todos os livros da autora e mais uns extras, as expectativas para os próximos livros são sempre elevadas. Neste caso, em meados do primeiro capítulo já me encontrava rendida. O sentido de humor (conseguido através do Con), o suspense em volta do assassino, a raiva, a tristeza, a culpa, o segredo... tudo sentimentos e emoções tão bem transmitidos pela Dorothy, que são ainda mais sentidos quando sabemos que ela se baseia em factos verídicos.
Preparem-se para emoções fortes que nos apertam o coração e humedecem os olhos!
Confesso que sob influência da sociedade e até dos livros anteriores da escritora, atribui erradamente os nomes às respectivas personagens. Mas é nesse ponto que ela nos surpreende mais uma vez. Muitos vão torcer mais por uma que por outra, mas ao longo do livro, as descrições, os acontecimentos, vão-nos fazendo mudar de ideias e de lado.
Engraçado como identifiquei muitas vezes a personagem Selena com a própria autora, principalmente nas cenas iniciais.
Para os mais atentos o fim não vai ser surpresa, mas a maneira como a Dorothy Koomson o expõe é sem dúvida diferente e original.

Durante a adolescência, Poppy Carlisle e Serena Gorringe foram as únicas testemunhas de um trágico acontecimento. Entre aceso debate público, as duas glamorosas adolescentes viram-se a braços com os tribunais e foram apelidadas pela imprensa de "As Meninas do Gelado".
Anos mais tarde, tendo seguido percursos de vida muito diferentes, Poppy está decidida a trazer ao de cima a verdade sobre o que realmente sucedeu, enquanto Serena, esposa e mãe de dois filhos, não pretende que ninguém do presente desvende o seu passado. Mas é impossível enterrar alguns segredos - e se o seu for revelado, a vida de ambas voltará a transformar-se num inferno...
Emocionante e enternecedora, esta história fará com que nos perguntemos se alguma vez poderemos conhecer verdadeiramente aqueles que amamos.

Título Original - The Ice-Cream Girls
Edição - Setembro 2010
ISBN - 9789720041005