9 de agosto de 2013

Opinião Sobrenatural: "Dragões de Éter - Caçadores de Bruxas" de Raphael Draccon

 
Dragões de Éter - Caçadores de Bruxas resume-se no seguinte: Raphael Draccon pegou nalgumas histórias infantis, como o capuchinho vermelho ou a princesa e o sapo, e juntou tudo, criando apenas um espaço, de nome Andreanne, e pronto. Fez algumas ligações entre as histórias e meteu alguns comentários, que a meu ver são um pouco convencidos, e opiniões pessoais e pelo meio.
Para alguns estes à partes podem ser originais, mas para mim interrompeu inúmeras vezes a história para colocar capítulos com informações que pouco tinham de interesse e que podia ter incluído muito bem no resto da acção.
 
Portanto, posso ter gostado da história de Maria Hanson e Axel, posso ter gostado da história de João Hanson, posso ter gostado de muita coisa, mas a forma como a história é contada tornou tudo muito mais moroso e com interrupções incomodas.
 
Resumindo, gostei das personagens, gostei das histórias, muitas já conhecidas, mas não recomendo o livro, que nos engana desde o inicio, da capa à sinopse. Sei que é o primeiro livro de uma trilogia, mas não tenho a mínima curiosidade para continuar a ler as obras de Raphael Draccon.

Pode dizer-se que, em Dragões de Éter - Caçadores de Bruxas, Raphael Dracon parte de uma simples questão para dar vida aos seus personagens: o que aconteceu depois?
O que aconteceu ao Capuchinho Vermelho depois do caçador ter matado o lobo? E ao caçador? Teriam João e Maria realmente conseguido matar a bruxa? E qual foi a reação dos seus pais quando voltaram para casa? Teve a princesa realmente coragem de beijar o príncipe que se transformou num sapo? E o que fizeram os anões depois de a Branca de Neve ter encontrado o seu príncipe?
Quem é que, depois de ler os sempre eternos contos de fadas, não se questionou a esse respeito? De uma maneira dinâmica, Dragões de Éter - Caçadores de Bruxas narra a história do que teria acontecido depois desses contos chegarem ao fim sem perder a perspetiva da eterna luta entre o bem e o mal.
O autor reúne todos estes personagens (e muitos outros) no Reino de Arzallum, muitos deles vivem em Andreanne, a capital do Reino. Arzallum fica em Nova Ether, um mundo que fora assolado pela magia negra praticada por bruxas que se desviaram do caminho do bem.

Edição - 2011
ISBN - 9789722046961

Sem comentários:

Enviar um comentário

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!