20 de agosto de 2013

Opinião Histórica: "Promessas de Amor" de Sherry Thomas


Promessas de Amor foi o livro escolhido pela Mafi para mim para este mês. Desta autora só tinha lido o Um Amor Mais Que Perfeito, que recordo ter gostado muito mais que este, mas vamos esmiuçar um pouco mais alguns pormenores desta leitura.
Primeiro que tudo achei que os homens choraram de mais - nem tanto pelo choro em si, mas porque as mulheres do Promessas de Amor fartam-se de levar porrada e acho que não derramaram nem uma lágrima!
Não gostei da quase obsessão de Lady Vere por Capri, a repetição da sua adoração por este local acabaram por ser muito repetitivas e cansar a ideia do refúgio paradisíaco, de qualquer maneira, gostei da ida dela ao local, já que parecia que ela nunca lá iria.
Gostei que Sherry Thomas tenha intercalado a história de Freddie e Angelina com a de Elissande e Penny, apesar de não ter gostado do cliché que envolveu o primeiro casal. Toda aquela situação de "Ah e tal gosto de ti há mil anos por isso vou me despir a ver se abres os olhos" não me convenceu, principalmente por que os acontecimentos surgiram e desapareceram muito rapidamente.
Gostei da "dupla personalidade" de Lord Vere tal como do seu intelecto. Normalmente, neste tipo de romances, apesar de se referirem à inteligência dos personagens masculinos, aqui a autora conseguiu demonstrá-lo também.
Apesar de necessárias, achei os Passados e todo o drama em volta do tio/pai de Elissande um pouco entediante. O romance acabou por ser preterido em prol dos pecados deste, quando o que estimula mais a leitura é a sedução e o amor entre o casal principal.
Gostei da tia/mãe de Elissande, apesar de achar que Sherry Thomas a torna demasiado fraca e sofrida. No final, estava à espera de uma recuperação muito maior.
Gostei da sedução com as passagens de um guia de viagens - muito original!
No geral, é um romance histórico com algum conteúdo, apesar de estar bastante difundido e esbatido por partes menos interessantes. O romance está pouco presente, tal como a sedução, estando o mistério e as mentiras em maior quantidade.
Aproveito para referir que o título desta obra, tanto o português como o original, não têm nada haver com a história - o que é sempre um ponto negativo.
Sinceramente, esperava gostar mais do livro, tanto pela sinopse como pelas opiniões que li sobre esta obra. De qualquer forma, gostei e continuo com curiosidade em relação ao outro livro da autora editado pela Quinta Essência.

Sinopse em Doce do Momento.

His at Night 


Título Original - His at Night
Edição - Maio 2012
ISBN - 9789898228956




5 comentários:

  1. A Sherry trabalha com 'broken people'. É por isso que gosto tanto dos livros dela. É outro tipo de emotividade. São pessoas com reacções diferentes, que reagem por culpa mais do que preocupação, e o peso da culpa tem estado presente em todas as suas obras. Depois sabe tão bem a redenção!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo plenamente Célia! (Não sei como não vi o teu comentário... Desculpa a demora)

      Eliminar
  2. A mi me encanta esta autora. Y este libro, aunque no es de mis favoritos, me pareció muy bien escrito. Por cierto, ¡qué suerte que traduzcan a Sherry Thomas al portugués! En español no hay más que dos traducidas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Bona, primeiro que tudo bem vinda ao nosso blog. Ainda bem que gosta. Da Sherry Thomas também não temos muitos mais que vocês, infelizmente.

      Eliminar
  3. Olá! Vcs já leram os outros livros dessa série ou sabem dizer quais são?
    Obrigada!

    ResponderEliminar

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!

Hoje fazemos 5 aninhos!

Bem vindas e bem vindos a mais um aniversário aqui do nosso cantinho, mais doce da blogosfera. Pois é, hoje comemoramos mais um ano...