17 de agosto de 2013

Opinião Histórica: "Princesas Incas" de Stuart Sirling


Começo já por dizer que em 238 páginas só gostei de um excerto das páginas 186-187 (história do padre Tórtollo), o que já demonstra o quanto gostei deste livro.
13268348
São muitas as razões que fazem com que recorde esta obra negativamente, como o facto de falar mais nos conquistadores espanhóis do que nas Princesas, estas que foram meras personagens secundárias se não figurantes e os conquistadores não faziam mais que pilhar e violar. Eu acho muito bem que se relembre o passado, mas a sinopse engana bastante e eu estava à espera de um romance e não de um documentário!
De qualquer forma, consegui ler até ao fim, mas foi com muito esforço.
Se Stuart Stirling tivesse retratado tudo como uma história romântica ou de acção, tudo bem, mas a maior parte do livro são testemunhos retirados de livros de história na integra.
Até podia ter gostado mais, mas não estava preparada para algo deste género e por isso senti-me algo desiludida ou até enganada.

Este livro conta a história das mulheres da realeza inca, que subitamente se viram reduzidas à condição de amantes dos conquistadores, vindo muitas delas a sofrer um destino trágico. A par da narrativa da conquista do Império Inca vamos acompanhando o destino das suas princesas, num texto que é também um fresco da época colonial. No dia 16 de Novembro de 1532, numa batalha na cidade inca de Cajamarca, nos Andes, em menos de uma hora e sem perder um único dos seus 160 homens, os conquistadores espanhóis chefiados por Francisco Pizarro mudaram para sempre o curso da História e estabeleceram as fundações do futuro Império espanhol na América do Sul.·Stuart Stirling escreveu este livro tendo como ponto de partida este episódio fundador e recorrendo a muito material de arquivo nunca publicado.

Título Original - The Inca Princesses
Edição - 2006
ISBN - 9789724412696
 


Sem comentários:

Enviar um comentário

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!

Hoje fazemos 5 aninhos!

Bem vindas e bem vindos a mais um aniversário aqui do nosso cantinho, mais doce da blogosfera. Pois é, hoje comemoramos mais um ano...