9 de maio de 2013

Opinião Young-Adult: "Imperfeitos" de Scott Westerfeld


Num mundo dividido em várias partes: imperfeitos, perfeitos, especiais, entre outros (que não devo revelar); este primeiro volume está repleto de variedade, numa mistura de real com o imaginário de Scott Westerfeld.

Neste livro, e provavelmente na restante saga, o escritor tem como objectivos criar uma história para miúdos e graúdos, retratando a nossa sociedade e uma outra futura (e possível). Todo o texto é rico em lições de moral que nos fazem reflectir e questionar.
Gostei do facto de Westerfeld não ter tornado o Imperfeitos em algo demasiado romântico ou fictício, em vez disso primou pela presença constante de sentimentos como amizade, ou ausência desta.
Sinceramente, gostei da história, mas não a achei muito original. Acho também que a descrição das cenas de maior acção e movimento poderiam ter sido um pouco mais desenvolvidas, de maneira a não acontecer tudo tão rápido.
A linguagem não está muito infantil, apesar da média de idades das personagens principais. Claro que é um livro de leitura muito leve.
As cores, as paisagens, os diferentes cenários (muitos e tão diferentes), os objectos e mentalidades futuristas, etc... tudo isso contribui para tornar todo o livro muito mais cativante.

Num mundo de extrema beleza, a normalidade é sinónimo de imperfeição. Num futuro não tão distante quanto isso, não há guerras, nem fome, nem pobreza. O mundo é perfeito. Todos são perfeitos. Pelo menos, depois de completarem 16 anos. Qualquer um pode ter a aparência de um supermodelo… e que mal haveria nisso?
Tally Youngblood mal pode esperar pelo seu décimo sexto aniversário, altura em que será submetida à cirurgia radical que a transformará de uma mera Imperfeita para uma deslumbrante Perfeita. Uns lábios bem delineados, um nariz proporcional, um corpo ideal… é tudo o que sempre quis. Já para não falar que uma vida de diversão num paraíso de alta tecnologia espera por si.
Mas quando a sua melhor amiga decide virar as costas a esta vida perfeita e foge, Tally descobre um lado inteiramente novo do mundo dos Perfeitos – e que, por sinal, nada tem de perfeito. É então forçada a fazer a pior escolha possível: encontrar a amiga e traí-la ou perder para sempre a possibilidade de se tornar Perfeita. Seja qual for a sua decisão, a sua vida nunca mais será a mesma.
Uglies (Uglies, #1)
 

Título Original - Uglies
Edição - Julho 2010
ISBN - 9789896680121




Sem comentários:

Enviar um comentário

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!