20 de maio de 2013

Opinião Contemporânea: "Noites de Sexta-Feira" de Joanna Trollope


Este livro foi uma desilusão, que apesar de o ter percebido nos primeiros capítulos continuei e continuei sem a minha opinião se alterar.
Noites de Sexta-Feira
Com uma capa e uma temática destas esperava algo ao género do Sexo e a Cidade, cheio de aventuras e segredos femininos, mas o que encontrei foi uma obra sem história nenhuma que se centra num punhado de personagens ocas e sem grande sentido de vida. O próprio texto não nos acrescenta mais que a sinopse e apesar da pergunta patente do final desta última, ficamos sem saber o propósito deste homem, o que acho que é uma falha já que é ele o catalizador de todas as alterações, traições, e suspeitas que se desenvolvem (pouco) durante a obra.
Noites de Sexta-Feira é então um livro monótono, com diálogos compridos mas sem qualquer conteúdo, com escassas descrições e com personagens que são, no geral e em jeito de conclusão, secundárias, não havendo uma que possa caracterizar como principal. Achei todas as personagens mesquinhas ou sem grandes emoções, tornando tudo bastante linear, sem acontecimentos marcantes. Em retrospectiva posso até afirmar que Joanna Trollope retratou as mulheres como sendo fúteis, invejosas e com pouco conhecimento da verdadeira amizade e honestidade.

O que une seis mulheres, de idades e vivências tão diferentes, numa amizade improvável?
Eleanor, recém-reformada, é o pilar do grupo, mas o seu semblante sábio e determinado encobre medos e inseguranças profundamente enterrados; Paula é uma mulher ambiciosa que no passado se envolveu com um homem casado; Lindsay, ainda grávida, teve de lidar com a morte do marido; Jules, uma rapariga problemática, tenta encontrar o seu lugar no mundo; Blaise, independente e pragmática, tem apenas uma obsessão: o trabalho; e Karen, casada com um pintor fracassado, sente o peso de ser o único ganha-pão da família.

Todas, de uma maneira ou de outra, estão desiludidas com a vida e com o amor.
Para elas, os serões de sexta-feira representam muito mais do que um momento de descontração ao fim de uma semana longa e difícil.
É o momento em que podem despir as máscaras do dia a dia e partilhar segredos, receios, tristezas e alegrias... e, aparentemente, já não sabem viver de outra forma.
Mas poderá esta amizade tão frágil superar a rivalidade e a inveja que a entrada de um homem no grupo vai provocar?

Friday Nights 


Título Original - Friday Nights
Edição - 2010
ISBN - 9789720040640




Sem comentários:

Enviar um comentário

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!

Hoje fazemos 5 aninhos!

Bem vindas e bem vindos a mais um aniversário aqui do nosso cantinho, mais doce da blogosfera. Pois é, hoje comemoramos mais um ano...