27 de maio de 2013

Opinião Contemporânea: "A Ilha das Três Irmãs" de Nora Roberts


Nora Roberts está sempre no topo do podium e com este inicio de mais uma trilogia ela mostra que deve lá continuar.
Sinceramente não sei bem como descrever o que sinto sobre a escrita desta escritora. Ela tem um toque especial que ao ler algo dela e mesmo não sabendo quem é a escritora nós conseguimos reconhecer as suas histórias, a sua maneira de expor sentimentos e cenários.
 
Aqui Nora Roberts pegou na natureza, em magia, num pouco de drama e muito muito amor e reuniu tudo nesta receita de sucesso.
 
Gostei particularmente do final, apesar de achar que é um pouco apressado, quando o marido de Nell chega e encontra-a tão facilmente. Também achei que toda a preparação mágica de Nell sai um pouco do habitual de Nora Roberts. Estou acostumada a encontrar a magia nos seus livros sobre a forma de fantasmas do Passado e não nesta forma tão física, com receitas e tudo.
 
De resto, Nora consegue o que pretende com todo o drama em volta de Nell, tal como o que une Nell, Mira e Ripley. Aqui o mistério não está muito presente, mas podemos sempre contar com as festas e as cenas mais tocantes.

Quando Nell Channing chega à acolhedora Ilha das Três Irmãs, acredita que finalmente encontrou um refúgio do seu marido violento... e da vida horrível que levara nos últimos anos.
Mas mesmo nesse lugar calmo e distante, Nell nunca se sente inteiramente à vontade. Escondendo cuidadosamente a sua verdadeira identidade, aceita um lugar como cozinheira num café e começa a explorar os seus sentimentos pelo simpático xerife da ilha. Mas há uma parte de si que ela nunca lhe poderá revelar, pois tem de guardar alguns segredos se quer manter o passado longe de si. Uma palavra a mais... e a sua nova vida tão cuidadosamente montada pode despedaçar-se.
E quando Nell começa a questionar-se se alguma vez será capaz de se libertar do seu medo, apercebe-se de que a ilha sofre de uma terrível maldição que só pode ser desfeita pelas descendentes das Três Irmãs: as bruxas que se instalaram na ilha em 1692. Então, com a ajuda de outras duas mulheres talentosas e determinadas – e com os pesadelos do passado a atormentarem-na constantemente – ela tem que encontrar a força para salvar o seu lar, o seu amor e a sua vida.


Título Original - Dance Upon The Air
Edição - 2007
ISBN - 9789898032119


 

2 comentários:

  1. Olá! Foi com esta trilogia que conheci a escrita de Nora Roberts e desde então é das minhas escritoras favoritas. Só que na altura iniciei a trilogia pelo fim porque os outros livros não estavam disponíveis na Biblioteca... e sinceramente não sabia para onde me virar na altura! E esse livro, A Cor do Fogo, continua a ser um dos meus livros favoritos :)
    Boas leituras! Espero que gostes dos próximos!
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aconteceu te o mesmo que a mim. So que a minha trilogia foi a irlandesa e comecei pelo 2 :-)

      Eliminar

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!