19 de abril de 2013

Opinião Sobrenatural: "O Jardim Encantado" de Sarah Addison Allen


O Jardim Encantado foi a minha estreia no mundo de Sarah Addison Allen. A expectativa era grande e a curiosidade ainda maior, tanto pela capa com cores tão alegres, como pelas opiniões de outras leitoras.

Confesso, que a sinopse não me cativou particularmente e foi por essa mesma razão que não comecei a ler os livros da autora em questão mais cedo, tendo adiado até esta oportunidade.
Posso então afirmar que esta obra é sem dúvida deliciosa, com as suas receitas e flora mágica, onde a escritora nos vai enlaçando e conquistando com os seus discursos, diálogos e simples descrições ao longo de toda a história.
Esta última é rica em personagens e personalidades, todas elas bem desenvolvidas e cativantes que contribuem para um leque de boas razões para a leitura deste livro.
Não encontrei qualquer ponto negativo digno de referência, apenas tendo a sublinhar a simplicidade do desenrolar da história, apesar das complexas relações, tanto familiares como sociais, entre as personagens.
Na minha opinião, o aspecto mais original consiste na magia em que a casa e o passado das Waverley está envolvida, que dá então aquele toque mágico e de fantasia já referido anteriormente.
Gostei particularmente da peculiar macieira e do seu hábito de atirar maçãs. Este ponto revelou o bom-humor que vem contrabalançar o drama tão presente na vida de Claire, Sidney e Fred.

Num jardim escondido por trás de uma tranquila casa na mais pequena das cidades, existe uma macieira e os rumores que circulam dão conta de que dá um tipo muito especial de fruto. Neste encantador romance, Sarah Addison Allen conta a história dessa árvore encantada e das extraordinárias pessoas que dela cuidam...
As mulheres da família Waverley são herdeiras de um legado mágico – o jardim familiar, famoso pela sua macieira, que produz frutos proféticos, e pelas suas flores comestíveis, imbuídas de poderes especiais que afectam quem quer que as coma.
Proprietária de uma empresa de catering, Claire Waverley prepara pratos com as suas plantas místicas – desde as chagas que ajudam a guardar segredos até às bocas-de-lobo destinadas a desencorajar intenções amorosas. Entretanto, a sua idosa prima Evanelle é conhecida por distribuir presentes inesperados cuja utilidade se torna mais tarde misteriosamente clara. São elas os últimos membros da família Waverley – com excepção da rebelde irmã de Claire, Sydney, que fugiu da cidade há muitos anos.
Quando Sydney regressa subitamente a Bascom com uma filha pequena, a tranquila vida de Claire sofre uma reviravolta, bem como a fronteira protectora que erigiu tão cuidadosamente em redor do seu coração. Juntas uma vez mais na casa onde cresceram, Sydney reflecte sobre tudo o que deixou para trás ao mesmo tempo que Claire se esforça por sarar as feridas do passado. E em pouco tempo as irmãs apercebem-se de que têm de lidar com o seu legado comum para viverem as alegrias do futuro que se anuncia. 

Garden Spells 

Título Original - Garden Spells
Edição - 2008
ISBN - 9789899578838





2 comentários:

  1. Olá Ne! Ainda bem que finalmente decidiste ler este livro. Para mim é um dos melhores da Sarah Addison Allen, dos melhores a resumir romance, drama, magia e muita ternura num livro só. Aconselho-te a ler O Quarto Mágico. Juntamente com O Jardim Encantado, considero os melhores da escritora.
    Beijinho

    ResponderEliminar

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!

Hoje fazemos 5 aninhos!

Bem vindas e bem vindos a mais um aniversário aqui do nosso cantinho, mais doce da blogosfera. Pois é, hoje comemoramos mais um ano...