18 de abril de 2013

Compilações: Trilogia Caçadores de Sombras de Cassandra Clare


Clary, Jace, Simon, Isabelle, Alec fazem parte da panóplia de personagens que Cassandra Clare criou. Juntando-as aos muitos cenários, exóticos e coloridos, com as lições de vida, a fantasia, e tantos conceitos novos, vamos ter em mãos uma saga rica em magia - magia esta que nos seduz e faz devorar golosamente cada letra, cada página, cada livro, e nunca ficarmos satisfeitas.

Gostei bastante das capas, apesar de um pouco folclóricas elas captam bastante a nossa atenção. Gostei também da divisão da historia, tanto nos livros como nos capítulos.

O aspecto que mais gostei foi o facto da autora ter conseguido reunir um grande leque de figuras míticas (anjos, vampiros, demónios, fadas, lobisomens e feiticeiros), sem, no entanto, tornar a história comum. Ao misturar as runas com a magia e todas as personagens, e tudo passado em dois mundo paralelos, a saga Caçadores de Sombras é tudo menos monótona e pobre em pormenores. Ao contrário do livro O Mago (lido recentemente) achei que a transição entre os dois mundos é muito mais interessante, mais ao estilo do Harry Potter.

Fora alguns erros de edição (tradução?) como falta de letras ou troca destas, a leitura é sempre muito fluida, cheia de imagens e emoções. Apesar das ricas descrições, tive um pouco de dificuldade en visualizar o físico (rostos) das personagens, talvez por ter que visualizar pessoas cheias de cicatrizes e marcas (tipo tatuagens), e ao mesmo tempo belas e elegantes. O oposto aconteceu com os cenários.

Defendo que algumas partes estão um pouco incompletas, principalmente as de maior peso emocional, levando-me a acreditar que a escritora ou não consegue expressar sentimentos tão fortes, ou então não deu o devido significado a essas cenas - resultando assim na ausência de intensidade.

A referência, no terceiro livro A Cidade de Vidro, a personagens portuguesas, foi uma agradável surpresa. Estes pequenos aspectos aumentam sempre o nosso entusiasmo e fortalecem sem duvida a nossa ligação para com a historia.

Personagem preferida: desta vez não tenho. Todas tiveram momentos bons e menos bons, e não houve uma personagem que eu mantivesse a minha opinião constante ao longo dos livros.

Dúvida: porque é que só o Jace é que deu os parabéns à Clary, se outros também o sabiam (principalmente o Simon, o seu melhor amigo)?

No Pandemonium, a discoteca da moda de Nova Iorque, Clary segue um rapaz muito giro de cabelo azul até que assiste à sua morte às mãos de três jovens cobertos de estranhas tatuagens.
Desde essa noite, o seu destino une-se ao dos três Caçadores de Sombras e, sobretudo, ao de Jace, um rapaz com cara de anjo mas com tendência a agir como um idiota...

City of Bones (The Mortal Instruments, #1) 


Título Original - City of Bones
Edição - Outubro 2009
ISBN - 9789896570231




Clary Fray só que­ria que a sua vida vol­tasse ao nor­mal. Mas o que é nor­mal quando se é um Caça­dor de Som­bras? A mãe em estado de coma indu­zido por artes mági­cas, e de repente começa a ver lobi­so­mens, vam­pi­ros, e fadas? A única hipó­tese que Clary tem de aju­dar a mãe é pedir ajuda ao dia­bó­lico Valen­tine que, além de louco, sim­bo­liza o Mal e, para pio­rar o cená­rio, tam­bém é o seu pai. Quando o segundo dos Ins­tru­men­tos Mor­tais é rou­bado o prin­ci­pal sus­peito é Jace, que a jovem des­co­briu recen­te­mente ser seu irmão. Ela não acre­dita que Jace de facto possa estar dis­posto a aban­do­nar tudo o que acre­dita e aliar-​se ao dia­bó­lico pai Valen­tine… mas as apa­rên­cias podem iludir.

City of Ashes (The Mortal Instruments, #2) 


Título Original - City of Ashes
Edição - Março 2010
ISBN - 9789896570620





Para salvar a vida da mãe, Clary tem de ir à Cidade de Vidro, o lar ancestral dos Caçadores de Sombras - não a incomoda que a entrada nesta cidade sem autorização seja contra a Lei e que violá-la possa significar a morte. Piorando mais a situação, ela vem a saber que Jace não a quer lá e que Simon foi encarcerado na prisão pelos Caçadores de Sombras que suspeitam de um vampiro que tolera a luz do Sol. Ao tentar descobrir mais pormenores sobre o passado da sua família, Clary encontra um aliado no misterioso Sebastian. Com Valentine a reunir toda a força do seu poder para destruir de uma vez por todas os Caçadores de Sombras, a única possibilidade de estes o derrotarem é combater ao lado dos seus eternos inimigos. Mas podem os Habitantes do Mundo-à-Parte e os Caçadores de Sombras pôr de lado o seu ódio mútuo e aliarem-se? Embora Jace compreenda que está pronto a arriscar tudo por Clary, poderá ela utilizar os seus poderes recentes para ajudar a socorrer a Cidade de Vidro - custe o que custar? O amor é um pecado mortal e os segredos do passado provam ser letais quando Clary e Jace enfrentam Valentine no último volume da trilogia Os Instrumentos Mortais - obra que figura na lista de sucessos literários do New York Times.Caçadores de Sombras é o título da trilogia que começa com A Cidade dos Ossos, com uma fantasia urbana povoada por vampiros, demónios, lobisomens, fadas, e que é um autêntico romance de acção explosiva.

City of Glass (The Mortal Instruments, #3) 


Título Original - City of Glass
Edição - Junho 2010
ISBN - 9789896570903




2 comentários:

  1. Eu adoro esta saga, mas gostei mais dos últimos 2 livros, que não referiste aqui.

    No entanto, a outra série da autora, caçadores de sombras - as origens, ainda gosto mais que esta:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu ainda não li os outros e quando escrevi esta op ainda não tinham saido em pt. Mas agora quero ver se os releio e se leio tudo ate ao fim

      Eliminar

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!