26 de março de 2013

Opinião Young-Adult: "Celestial" de Cynthia Hand


Como sempre, a editora Saída de Emergência leva os meus parabéns pela fantástica capa. Considerando-me como uma fanática saudável de histórias sobre anjos (e nem falo do resto), este foi um livro que me cativou desde a primeira vez que o vi na livraria. Confesso que estava com um pé atrás, desde Imortal e Insaciável, que tiveram o mesmo efeito em mim e que depois resultaram em grandes desilusões. Mas Celestial não foi assim, e no fim até fiquei com pena de não o ter comprado e de ter agora um exemplar para mais tarde reler e me deliciar com os pormenores.
Vejo este livro como "a outra face de Hush Hush". Com isto não quero assustar ninguém, mas como leitora que achou o livro de Becca satisfatório, acho este um nível acima e com pontos muito mais positivos.
O trio amoroso lembrou-me um pouco o do Twilight, mas no final surgem novidades que me fizeram esquecer momentaneamente esse facto. Por falar em final, esse foi sem dúvida um ponto negativo. Muita coisa ficou em aberto, desde as amizades de Clara até o futuro de Christian e de Tucker.
A vida do liceu (desde a entrada até à adaptaçao de Clara) lembrou-me também a sério 90210, o que para mim não é bem um ponto negativo.
Os pontos fortes foram os pomenores angélicos: desde o P.O.V. da personagem principal que é um quarto de anjo, às suas descrições, aos seus sentimentos, às suas decisões, e às suas aventuras. As asas, o propósito, a Glória, são factores originais e diferentes que nunca li em nenhum lado. Claro que contribuem muito para o estereotipo dos anjos adultos (ou adolescentes), mas, de qualquer forma, não me importei, já que sou a favor dos elementos comuns e confortáveis numa história ficticia como esta.
A escrita de Cynthia é bastante fluida e confortável, e, como disse, as descrições são a sua caracteristica mais forte.

Clara Gardner descobriu há pouco tempo que é uma sangue-de-anjo. Ter sangue de anjo a correr-lhe nas veias, faz com que fique mais inteligente, mais forte e mais rápida do que os humanos. Significa também, que tem um propósito. Uma razão para ter sido colocada na terra. No entanto, descobri-lo, não é fácil.
As suas visões de um enorme incêndio florestal e de um rapaz atraente que ela não reconhece, levam-na para uma nova escola, numa nova cidade. Quando conhece Christian, o rapaz dos seus sonhos (literalmente), tudo parece encaixar no lugar - e, ao mesmo tempo, fora do lugar. Afinal, existe Tucker, outro rapaz que apela ao lado menos angélico de Clara.
Ela deseja apenas encontrar o seu caminho num mundo que já não compreende. Mas encontra perigos invisíveis e escolhas que nunca pensou ter de fazer - entre a honestidade e o engano, o amor e o dever, o bem e o mal. Quando o incêndio da sua visão finalmente acontecer, estará Clara preparada para enfrentar o seu destino?
Uma história comovente sobre o amor e o destino. Sobre a luta entre o desejo de cumprir as regras e o de seguir o coração. 

Unearthly (Unearthly, #1)Título Original - Unearthly
Edição - Fevereiro 2011

ISBN - 9789896373061







Sem comentários:

Enviar um comentário

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!