5 de março de 2013

Opinião Histórica: "Sussurros Ousados" de Emma Wildes


Já nem me lembro da última vez que li Emma Wildes. Terá sido Um Homem Imoral? Sim, penso que sim.

De qualquer forma, os livros desta escritora deixam-me sempre boas lembranças, quer a leitura seja medianamente ou bastante agradável.

Neste caso foi mediana, principalmente pelo facto da escritora separar demasiado as falas nos diálogos, colocando longas descrições pelo meio. Não gostei particularmente da repetida descrição das personagens principais. Sim, já sei que ele tem um cabelo cor de ébano e um corpo fantástico e que as bragas lhe ficam justas. Sim, já sei que ela é loira e tem uns olhos da cor da pedra que ele trás no bolso.

Defendo também que a linguagem estava um pouco estranha. Culpa da tradução? Talvez sim.

De resto, gostei bastante de não haver só um casal/história amorosa, visto que o principal não tinha pano suficiente para as mangas compridas... Viu-se no final, principalmente quando a autora teve que inserir um vilão e quase matar o querido da outra, o que se tornou muito repentino e descontextualizado - ok, ela dá algumas pistas, mas perdem-se um pouco no resto da história.

De qualquer forma, gostei de Ellie e do Drury, e até da duquesa-viúva. Gosto sempre destas personagens cheias de personalidade e sabedoria de vida. Dão sempre aquele toque mais sério a um romance tão pitoresco, atrevido e óbvio.

É, portanto, um romance histórico típico, com umas cenas mais ousadas, mas mal aproveitadas. Digo isto, porque fora aquela tensão sexual e sedução do primeiro encontro, depois o resto foi demasiado fácil. Ok, ele tem uma filha e por isso está mais amadurecido, mas sei lá... podia-se ter feito um pouco mais dificil e ela podia ter tido mais dúvidas quanto a ele. Se calhar estou a ser um pouco injusta, visto que normalmente as indecisões e o passo-atrás-passo-à-frente me irritam um pouco, e, o que acontece aqui, é precisamente o contrário. Por isso se gostam de romances mais directos, sem aqueles pensamentos "ai não sei se gosto dele ou se ele gosta de mim, por isso vou fazer expressões frias para ele adivinhar que estou interessada", então este romance é perfeito para vocês.

Quero referir também adoro a capa da Planeta, mas acho que a original está muito mais condizente com as personagens, apesar de ter imaginado Lady Cecily Francis mais pequena e franzina.

Como já perceberam este livro satisfez-me mas não me conquistou particulamente. Felizmente é o primeiro de uma trilogia, Ladies in Waiting, e mesmo tendo o final de Sussurros Ousados indicado a resolução de dois casais, também mostrou que o caso de Lady Lillian Bourne ainda ficou pendente. Espero que este segundo volume seja no mínimo igual ou melhor.

Citação Preferida:

"A brisa enrugava o rio e roçava-lhe o rosto." página 259

Sinopse no Doce do Momento.

Título Original - One Whisper Away
Edição - 2013
ISBN - 9789896573362







Sem comentários:

Enviar um comentário

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!