19 de março de 2013

Doce do Momento: "Desaparecidos" de Michael Grant


E, se de repente, os telemóveis deixassem de funcionar, assim como os computadores e todos os outros aparelhos eléctricos e electrónicos. Sem pufs, flashes, luzes ou explosões. Nada. Mas há mais: não há nenhum adulto no perturbador universo de Desaparecidos.

Tudo começa dentro de uma sala de aula quando, num piscar de olhos, o professor desaparece. Alarmados, os alunos saem da aula em busca do professor. É então que começam a perceber que todos os adultos desapareceram. E que estranho se torna o mundo sem adultos.

4 comentários:

  1. Não consigo imaginar quantas vezes terão os meus alunos imaginado o meu desaparecimento da sala de aula. Vejo-me num livro cómico e muito surreal...

    ResponderEliminar
  2. Este é da mesma colecção que o da Fome? Queria ver se lia :)

    ResponderEliminar

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!