11 de fevereiro de 2013

Opinião Young-Adult: "Evernight" de Claudia Gray


Tenho pena. Tenho muita pena...
Evernight (Evernight, #1)Porquê? Porque um livro como este não devia ter apenas 292 páginas (menos se contarmos com as primeiras capas), mas sim o dobro, ou o triplo, já que isto não me satisfez, pelo contrário. A água que me deixou na boca demonstra perfeitamente o quanto gostei dele.
Desde Hush Hush que não me deixava envolver por um livro assim (excluindo Nora Roberts e Cassandra Clare).
Quem o ler e for mais céptico poderá tentar arranjar comparações com outros livros dentro desta temática, que não vou revelar para não estragar a surpresa; apenas digo que Claudia Gray soube muito bem pegar nela (a temática) e manobrar... dar-lhe um toque especial.
Adorei o enredo, gostei das personagens, e vou sonhar com os cenários, principalmente com Evernight e os seus campos e floresta.
É um livro rápido de ler, mas não pela sua magreza ou letras grandes, sim pela sua história cativante e envolvente. Não digo que seja um clássico ou merecedor de prémio nobel, mas corresponde aos meus gostos em todos os aspectos.
Não acho que a capa tenha muito a ver, mas o tipo de letra do titulo está muito bom. A sinopse também deixa muito a desejar, mas qual não deixa?
Aconselho para adoradores e simpatizantes de romance e muita ficção.
Felizmente, e correndo o risco de me repetir, Evernight não é "mais do mesmo". Podemos deparar-nos com um Outra vez?!, mas logo nos deixamos envolver pelo toque diferente de Claudia Gray. Ela sem dúvida conseguiu escrever algo que vai alimentar a sede dos que ainda lêem e gostam deste género, e mostrar aos "enjoados" que esta temática ainda não está gasta.
Com aquele final, Gray não vai ter coragem de deixar as suas fãs na mão. Ficarei à espera, ansiosa, pela sequela, que espero que seja rápida e tão boa como este primeiro volume.

Bianca quer fugir. Foi arrancada à sua pequena terra natal e inscrita na Academia Evernight, um sinistro colégio interno gótico onde os estudantes são estranhamente demasiado perfeitos: inteligentes, requintados e quase predadores.
Bianca sabe que este mundo não é o seu.
Depois, conhece Lucas. Tal como ela, não se enquadra em Evernight, e gosta que assim seja.
Lucas ignora as regras, faz frente aos snobes e diz a Bianca que tem de ter cuidado – mesmo quando se trata de gostar dele. Mas a ligação que une Bianca e Lucas não pode ser negada. Ela correrá qualquer risco para estar com Lucas, mas segredos obscuros estão destinados a separá-los… e a levar Bianca a questionar tudo aquilo em que sempre acreditou. 

Evernight (Evernight, #1)



Edição - Novembro 2010
ISBN - 9789896571214





Sem comentários:

Enviar um comentário

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!