12 de fevereiro de 2013

Opinião Histórica: "Como tentar um duque" de Kasey Michaels


Toda a gente sabe que os livros da Harlequin pecam ou pelos enredos simplistas, amadores e já muito batidos, ou pela qualidade das traduções. Infelizmente "Como tentar um duque" da veterana Kasey Michaels, autora de mais de uma centena de romances, reúne o pior dos parâmetros acima referidos. Achei toda a história muito mal construída, com cenas a fazerem sem qualquer sentido. Suspeito que haja cortes no livro pois não havia ligação em algumas cenas e como já não é a primeira vez que me dizem que os livros são mutilados, acredito que esta edição portuguesa não apresente o texto integral do livro. Ou então o livro é mesmo mau...
Como Tentar um Duque (Família Daughtry, #1)Quanto ao enredo, como qualquer romance histórico, a base de todas as histórias acaba por não se desviar muito do óbvio, temos um duque, Rafael que volta da guerra para tomar conta das suas irmãs Nicole e Lydia. No passado teve um amor/amizade com Charlotte e é neste reencontro que o romance dos dois protagonistas se inicia. O romance foi a coisa mais sem sal que li em toda a minha vida! Aquilo nem foi um romance, foi um pseudo-romance, não senti qualquer química ou ligação entre o casal, pareceriam sempre muito formais e nem houve muitas cenas e gestos românticos um para com o outro. As personagens são planas e mal construídas.

Quanto às personagens secundárias, Nicole, Lydia e Fitz (amigo de Rafe) gostei dos três, uns mais que outros. A Nicole irritou-me, confesso que gostei mais da tímida Lydia e fiquei triste por o romance entre esta e Fitz não se concretizar. Não houve muitos desenvolvimentos quanto às irmãs, pois cada uma terá o seu próprio livro, sendo este o primeiro volume de uma série.

Quanto ao contexto histórico, a autora bem tentou introduzir alguns acontecimentos referindo várias vezes Napoleão Bonaparte, mas não foi suficiente para construir um contexto sólido. 

Fico na dúvida se a escrita da autora é assim tão má ou não pois achei tradução atroz que não ajudou nada na leitura. É um livro que leva 1 estrela não só pelo seu conteúdo mas pela também pelo trabalho fraco apresentado. 

Poderia fazer com que ela cedesse à tentação?
Tinha voltado da guerra com o título de duque, mas Rafael Daughtry lutava contra uma força bem mais poderosa do que o exército de Napoleão: a sua família. Felizmente uma amiga de infância, Charlotte Seavers, aceitara a contragosto fazer um pacto com ele. Rafael proporcionar-lhe-ia o lar que ela perdera e Charlotte seria a dama de companhia das suas indisciplinadas irmãs gémeas. Mas, quem poderia protegê-lo a ele? Aquela adolescente de aspecto jovial de que ele se recordava convertera-se numa mulher sensual, cuja beleza e segredos zelosamente guardados o deixavam obcecado e ao mesmo tempo cativado. Charlotte tinha um bom motivo para recear os homens, mas conseguiria resistir à enorme capacidade de sedução de Rafael?


How to Tempt a Duke (Daughtry Family, #1)



Título Original: How to temp a duke
Edição: 2012
ISBN:




Sem comentários:

Enviar um comentário

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!