24 de dezembro de 2012

Opinião Young-Adult: "A Probabilidade Estatística do Amor à primeira vista" de Jennifer E.Smith



Quem nunca se atrasou a um evento importante? E já pensou o que aconteceria se nunca se tivesse atrasado?

Este livro de certeza que passou despercebido a muita gente, mas mal vi o lançamento em português, quis logo lê-lo.Com uma sinopse pobre e uma capa fofinha, tenho pena que muita gente não o conheça pois é um livro bem ternurento. Não no sentido de fofinho, meloso, lamechas, pois não achei nada disso. Achei um livro doce com uma pitada de atrasos e romantismo. Ou não fosse o amor o principal ingrediente de “A probabilidade estatística do amor à primeira vista”.

A Probabilidade Estatística do Amor à Primeira VistaTodos nós já nos atrasamos alguma vez na vida, seja por nossa culpa ou não. Mas talvez nunca nos tenhamos perguntado se as coisas fossem diferentes, se não nos tivéssemos atrasado. Este livro mostra-nos esses “ses”.


Para azar ou sorte de Hadley, o voo mais importante da sua vida sai a horas, ou seja ela perde o avião por quatro minutos! Uma desgraça! Desolada por não comparecer a horas ao casamento do seu pai em Inglaterra, só lhe resta esperar pelo próximo avião.

No voo seguinte, irá conhecer Oliver, um rapaz tímido e misterioso, à primeira vista, mas que se revela uma grande companhia nas sete horas de voo até Londres, onde ambos ficarão. Hadley que sofre de claustrofobia apoia-se em Oliver que com a sua conversa a tenta distrair do seu pânico de estar num avião pequeno a milhares de pés de altura.  

Até metade do livro, vemos nascer uma amizade entre estes dois adolescentes desconhecidos, que declaram os seus motivos de viagens, ambos bem íntimos. Hadley vai ao casamento do pai, cujo não o vê há mais de um ano e nem conhece Charlotte, a sua futura madrasta. Oliver afirma que também vai a um casamento mas numa localidade diferente, por isso é impossível comparecerem ao mesmo.

Quando ambos aterram, a despedida aproxima-se e num acto impulsivo, os jovens beijam-se e separam-se. Não há promessas, nem trocas de números de telefone, mail, nem revelações de apelidos. Apenas sabem o nome um do outro e que de alguma forma estão apaixonados. Cada um segue a sua vida e passamos a acompanhar Hadley que mesmo atrasada, apresenta-se no casamento, mas não se sente bem pois tudo o que consegue pensar é em Oliver e numa forma de o encontrar. E será que consegue? É claro que não vou contar!!! :D Senão perdia a piada toda não é?

O livro é claramente YA (young-adult) com problemas e dúvidas típicas dos jovens, mas nada que faça perder a cabeça ao leitor. Apesar da autora caracterizar bem os dois jovens, foca-se mais na Hadley e por isso identifiquei-me bastante com ela e com as suas questões sobre os “ses”. 

Muitas vezes em alguns livros do género paranormal, há o chamado “amor instantâneo” que não acho a mínima piada, mas aqui funcionou bem, talvez porque o Oliver não é um deus grego, lindo de morrer, nem voa, ou brilha, ou seja, não é perfeito. E por isso, não me importei com toda a teoria do amor à primeira vista, apresentada no livro, pois achei mesmo que ambos eram compatíveis e que mereciam uma oportunidade de se encontrarem novamente. O livro é contado na 1ª pessoa, sobre o ponto de vista da Hadley e na 3ª quando se foca em ambos. Ao princípio parecia um pouco confuso mas depois habituei-me ao estilo de escrita. 

Infelizmente não temos um grande mercado para este tipo de romances contemporâneos, destinados aos mais jovens, mas este livro é uma boa aposta para quem procura uma leitura leve que não exija muito. Eu gostei bastante e da minha parte aconselho. 




O amor acontece quando menos esperamos.
Quem diria que quatro minutos podem mudar uma vida?
Os caprichos do destino e as casualidades da vida são o motor deste emocionante romance sobre laços familiares, segundas oportunidades e primeiros amores. A história de Hadley e Oliver é um bálsamo para quem gosta de acreditar que o verdadeiro amor existe. E que aparece nas nossas vidas quando menos esperamos.
The Statistical Probability of Love at First Sight


Título Original - The Statistical Probability of Love at First Sight
Edição - 2012
ISBN - 97898996721282

10 comentários:

  1. Não conhecia tal livro, mas fiquei muito curiosa para o ler :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem! Como disse, na minha opinião vale a pena =) é muito fofinho, eu gosto muito deste tipo de romances assim mais juvenis, pq eu própria ainda sou jovem então identifico-me bastante com estes livros.

      Só o vi uma vez à venda na fnac e o preço não era muito barato para o número de páginas (não chega a 300)

      Eliminar
    2. Quando eu li o título eu pensei logo... mas que raio! Há cada título!

      Eliminar
    3. Acho o título engraçado, comichosa...pá! Nunca gostas de nada xD

      Eliminar
    4. Pff os teus gostos é que são esquisitos!

      Eliminar
  2. Eu gostei. É mesmo isso: levezinho, fofo, e bom para relaxar e nos perdermos umas horas :)

    ResponderEliminar
  3. Eu quero ler...
    Fiquei curiosa por uma coisa extra: que capa é essa? Porque o livro aqui ta sendo lançado pela Galera.
    essa é versão portuguesa?

    bjs
    Hey Evellyn!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi Evellyn!!! Leia o livro é óptimo =)


      Sim esta capa é portuguesa de Portugal masd o livro aqui é super desconhecido!

      Eliminar
  4. Gostei tanto da tua opinião e da premissa do livro em si que queeero :)
    Agora vou ter que o encontrar.

    Curiosidade: já viste que a capa original é a mesma do livro "A Fórmula do Amor" mas em preto e branco? =P

    kiss kiss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá =)

      Obrigada! Há uns tempos vi imensos na fnac.

      Já, também já tinha reparado nisso, eheh reciclagem de capas =)

      Eliminar

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!